Indicadores de gestantes e inscritos nos cursos de formação servirão de parâmetros para trabalho do grupo, que prepara visita à AACD, eventos para o Dia da Mulher e nova edição do evento “Sabores do Alto Tietê”

No seu segundo ano de atividades, o Conselho do Fundo Social de Solidariedade do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê deu início nesta terça-feira (30/01) aos trabalhos do atual exercício, com a definição das ações que serão promovidas ao longo de 2018, assim como também de indicadores para mensurar  alguns dos principais gargalos das cidades e fomentar projetos.

Com a coordenação de Larissa Ashiuchi, presidente do Fundo Social de Suzano, o Conselho ainda estabeleceu um cronograma preliminar de atividades ao longo do ano, que inclui o incentivo ao voluntariado, visita à Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), eventos em alusão ao Dia da Mulher e a nova edição do evento “Sabores do Alto Tietê”.

“A integração entre as cidades e o compartilhamento de experiências, com a divulgação do trabalho dos Fundos Sociais, continuam a ser prioridade, mas a proposta agora é avançar em ações efetivas, inclusive com atividades acontecendo simultaneamente nas cidades”, comenta a coordenadora Larissa Ashiuchi.

A primeira reunião do ano do Conselho do Fundo Social foi realizada na sede do Condemat e contou com a presença do presidente do consórcio, Rodrigo Ashiuchi, prefeito de Suzano, que reforçou a importância da continuidade do trabalho integrado entre os municípios e da realização de ações para dar visibilidade aos trabalhos sociais.

“Esse Conselho é muito importante por causa da missão que os Fundos Sociais têm no atendimento à população das nossas cidades. Há diversas iniciativas sendo tocadas no Condemat e como nas demais Câmaras Técnicas, também estamos pedindo para que esse Conselho estabeleça alguns indicadores para respaldar os trabalhos e resultados efetivos do grupo”, ressaltou o presidente Rodrigo Ashiuchi.

Os indicadores definidos pelos integrantes do Conselho dos Fundos Sociais são: número de gestantes atendidas na rede pública x gestantes assistidas pelos Fundos Sociais e capacitação profissional, com os cursos de formação oferecidos e números de inscritos e formandos. “Esses indicadores vão trazer informações importantes para que as cidades possam se ajudar e para apontar diretrizes dos projetos a serem desenvolvidos”, explica Larissa.

Sobre as atividades do Conselho, a agenda do próximo mês contempla uma visita às instalações da AACD em Mogi das Cruzes que vai respaldar ações futuras para ajuda no funcionamento da unidade. O Condemat está em tratativas finais com a entidade para a retomada do atendimento aos municípios da Região.

Ainda em fevereiro e no mês de março serão promovidas ações em comemoração ao Dia da Mulher e com foco, principalmente, no combate à violência.

Já em abril, será a vez da segunda edição do “Sabores do Alto Tietê”, que vai acontecer no dia 7, no Parque Max Feffer, em Suzano.

Além de Larissa Ashiuchi participaram da reunião no Condemat nesta terça-feira as presidentes dos Fundos Sociais de Biritiba Mirim, Zuleika Passos; Ferraz de Vasconcelos, Bruna Chacon; de Guararema, Vanessa Noronha Leite; de Guarulhos, Elen Farias; de Itaquaquecetuba, Joerly Nakashima; de Mogi das Cruzes, Karin Melo; de Salesópolis, Luciana Miranda; e o coordenador de Santa Isabel, Willian Malagres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui