Construídas há mais de duas décadas, as colunas de sustentação das grades de proteção nos dois lados do Viaduto Vereador João batista Camilo Neto, no Parque São Francisco, em Ferraz de Vasconcelos, estão deterioradas, ou seja, caindo os pedaços e colocando, portanto, em risco a integridade física de pedestres em geral. Enfim, a situação calamitosa exige uma ação preventiva urgente por parte da municipalidade.

Para alertar o governo municipal sobre o perigo iminente que representa o péssimo estado de conservação das bases do corrimão, o vereador Clovis Ottoni Sousa (PSD), o Clovis Eletricista  protocolou ofício, diretamente, ao prefeito, José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta, no último dia 8. No pedido, ele expressa toda a sua preocupação com a falta de manutenção das colunas de proteção das grades do referido viaduto. O gestor prometeu adotar providências.

Além disso, o vereador que também mora nas proximidades do viaduto que interliga a região do Parque São Francisco com a da Vila Santo Antônio situado sobre a estação ferroviária Antônio Gianetti Neto da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) denuncia a presença de pequenas rachaduras na parte interna do elevado. Com isso, o setor competente da administração da cidade precisa preparar uma reforma completa na estrutura física do viaduto.

Em todo caso, o que vem deixando o parlamentar bastante apreensivo mesmo é o fato de enormes pedaços de concreto já terem caído nos trilhos da CPTM e na Avenida José do Patrocínio cujo fluxo de carros e de transeuntes é intenso, o que só aumenta o risco de acidentes podendo, com isso, causar danos físicos e materiais. Por sua vez, convém destacar que, em 2015, um estudo do Instituto Falcão Bauer, de São Paulo, já aponta a necessidade de revitalização urgente do mesmo elevado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui