O governo federal repassará R$ 400 mil para o Município de Ferraz de Vasconcelos, no Alto Tietê, investir na rede municipal de saúde. A liberação dos recursos extraorçamentários resulta do trabalho do deputado federal Junji Abe (MDB-SP), que recebeu os agradecimentos dos vereadores emedebistas Luiz Fabio Alves da Silva, o Fabinho, e Marcos Atanazio, o Marcos Br, assim como da liderança ferrazense, a enfermeira Adriana Trajano.

“A população ferrazense jamais teria o benefício, sem o seu dedicado trabalho. É excelente contar com um representante da nossa Região!”, agradeceu Fabinho, o vereador mais votado da Cidade em 2016. “Ficamos aliviados de, enfim, ter alguém lutando por Ferraz em Brasília”, concordou Marcos Br, o segundo mais indicado pelo eleitorado local para a Câmara. “Impressionante é que você conseguiu essa verba com apenas dois meses de atuação”, completou Adriana.  Os três se encontraram com Junji na tarde da última quinta-feira (17). O parlamentar estava acompanhado do empresário Elio Andrade.

O aporte financeiro será possível por meio de programas governamentais, em benefício da cidade contemplada por Junji, a pedido do vice-prefeito de Mogi das Cruzes, Juliano Abe (MDB). Caberá à Prefeitura de Ferraz definir de que forma os recursos serão investidos nas unidades de saúde, podendo garantir adequações ou aquisição de equipamentos.

Quase a totalidade das prefeituras amarga condições de debilidade nos cofres públicos e vem se esforçando para manter serviços básicos à população, como observou Junji. “Recebi o apelo trazido pelo Juliano e, de imediato, nos movimentamos para garantir recursos a Ferraz”.

O Ministério da Saúde deverá liberar o dinheiro à Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos ainda neste semestre, por meio de repasse efetuado diretamente do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Municipal de Saúde, como explicou Junji. O Executivo ferrazense vem recebendo assistência da equipe do deputado sobre os procedimentos administrativos necessários. Em razão de ser ano eleitoral, os repasses só podem ocorrer até três meses antes das eleições. Portanto, até julho.

O deputado pontuou que vem trabalhado junto ao governo federal para obter mais recursos extraorçamentários em benefício das cidades de onde recebeu pedido de ajuda, vindo de lideranças políticas e comunitárias. A movimentação de Junji em busca de repasses financeiros para as cidades visa evitar que tenham de esperar até 2019 pela liberação das verbas a serem previstas, como emendas parlamentares, no OGU – Orçamento Geral da União.

Como deputado, Junji apresentará as propostas, no final de 2018, para liberação no ano seguinte. Porém, considerou, “o problema é imediato e grave, demandando esforços redobrados para garantir os repasses em 2018”. O deputado assumiu o segundo mandato na Casa em 21 de fevereiro último e não pôde inserir previsão de remessas orçamentárias para os municípios neste ano.

Em março último (06/03), Junji reuniu-se com o ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo da Presidência da República, e o subchefe de Assuntos Federativos – vinculado à Pasta –, Marcelo Barbieri. No encontro, ele detalhou as necessidades, demonstrando os motivos do apelo por repasses federais, ainda neste ano, para ajudar cidades com as quais tem maior proximidade.

A primeira contemplada foi Mogi das Cruzes, terra natal do parlamentar e que tem como vice-prefeito Juliano Abe, filho do deputado e responsável pelo pedido ao pai por ajuda às cidades. Nesta etapa inicial da jornada, Junji obteve R$ 10 milhões para beneficiar a área da saúde de 31 municípios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui