O Fundo Social de Solidariedade de Ferraz de Vasconcelos realizou a primeira entrega da Campanha do Agasalho 2018 no Serviço de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias na noite desta terça-feira (22 de maio). No local, situado no bairro do Cambiri, também foram servidas sopas e houve a aplicação da vacina contra a gripe.

Na oportunidade, aproximadamente 30 pessoas puderam receber agasalhos, cobertores, calçados e mochilas. De acordo com a presidente do Fundo ferrazense, Bruna Carolina Chacon, as peças foram levadas em um número razoável para os frequentadores do Serviço pudessem escolher e ainda sobrasse. A equipe da Secretaria de Saúde também esteve presente, realizando a aplicação das doses da vacina contra a influenza H1N1, além de testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites.

Segundo a presidente do Fundo, Bruna Chacon, a parceria com o Serviço de Acolhimento já tem anos e o local sempre está no cronograma de entregas da Campanha do Agasalho. “Ano passado nós também viemos, mas desta vez antecipamos a entrega, pois quis vir antes do frio de verdade começar. Nosso objetivo era imunizar todo mundo e entregar as peças, além de mimar quem tomou a vacina com chocolates, e nós cumprimos nossa missão”, disse Bruna.

Campanha do Agasalho 2018

A Campanha do Agasalho em Ferraz, intitulada como “Compartilhe o Amor”, irá até o dia 29 de junho, e segundo a presidente do Fundo Social, Bruna Chacon, apesar do órgão estar recebendo doações, ainda é pouco frente a meta a ser alcançada. “Queremos arrecadar 100 mil peças e para isso espalhamos 150 caixas de doações pela cidade. Nós estamos recebendo agasalhos, mas ainda precisamos bastante de roupas masculinas e de crianças. Vale ressaltar que as três salas de aula da cidade que mais arrecadarem peças, passarão um dia no parque de diversões Hopi Hari.

Serviço de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias

Ferraz de Vasconcelos possui o Serviço de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias, localizado na Avenida Dim Pedro II, 3333, no Cambiri, que serve como uma espécie de albergue, oferecendo o pernoite para quem precisar. Além disso, o local encaminha quem precisa para a emissão de documentos e serviços de saúde. De acordo com Ronaldo de Jesus Santos, a instituição aceita doações de roupas, alimentos, e equipamentos durante todo o ano. “Aqui a gente sempre precisa, porque temos medo que não conseguir atender todo mundo, principalmente neste período gelado. A Campanha do Agasalho vem para contribuir muito neste sentido, mas também aceitamos doações de fora”, destacou Santos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui