Em alusão ao Dia Nacional do Surdo, datado oficialmente em 26 de setembro, a Secretaria de Educação de Ferraz de Vasconcelos, promoveu no dia  27 de setembro, o 1º encontro “Deficiência Auditiva”. A reunião ocorreu na Escola Municipal de Ensino Especial (Emee) “Monteiro Lobato”, no Jardim Pérola, e mais de 80 professores da rede de ensino estiveram presentes.

Na ocasião, os docentes puderam aprender mais com as palestras do doutorando em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Ricardo Ferreira Santos, com o tema “Libras: A Língua e a Relação na Constituição dos Sujeitos Surdos nos Ambientes”, também com o professor do atendimento educacional especializado do município e especialista em deficiência auditiva, Maurício Campos da Silva Júnior, que falou sobre “O Sistema Auditivo e a Língua de Sinais”, e quem finalizou foi a especialista em deficiência auditiva e professora Itinerante de Libras, Conceição Moreira Fialho, que realizou uma apresentação do trabalho desenvolvido com os alunos com deficiência auditiva e surdos das escolas de Ferraz.

O evento, que foi direcionado para professores especialistas da Educação Especial, professores regulares que têm alunos que possuem deficiência auditiva e surdos, famílias, alunos com deficiência auditiva e surdos e estagiários da Educação, terminou com uma apresentação musical dos alunos surdos da “Monteiro Lobato”.

De acordo com a titular da Educação ferrazense, Valéria Eloy da Silva Kovac, lembrar este dia é fundamental para avançar no tratamento deste aluno. “Além da gente conseguir evidenciar a luta da pessoa com deficiência auditiva e surda, nós conseguimos atingir esta comunidade que muitas vezes é excluída da sociedade. Dessa forma, possibilitamos um diálogo para avançar no aprendizado deste estudante, que muitas vezes têm até um histórico complicado porque as pessoas em volta dele não entendiam sua necessidade”, destacou Valéria.

Em dezembro, a pasta promoverá o 1º encontro “Deficiência Visual e Cego”.

Dia Nacional dos Surdos

A data foi criada em 2008, em homenagem a primeira escola de surdos no Brasil, no Rio de Janeiro, construída em 1857. O objetivo do Dia é principalmente ressaltar os diretos da pessoa com deficiência auditiva e estimular a inclusão destas pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui