Alunas do curso de PPP recebem aulas com temas diversos como história, direito, saúde, meio ambiente, entre outros assuntos

A jornalista Carla Fiamini foi a convidada desta segunda-feira (23/09) para ministrar uma palestra para as alunas do curso “Promotoras Populares Poaenses”, promovido pela Prefeitura de Poá, por meio da Secretaria da Mulher.

Reconhecida pelo seu brilhantismo no trabalho na área de comunicação, Carla Fiamini possui em seu currículo vasta experiência e formação, como a pós-graduação em Docência em Ensino Superior (lato sensu) pela Universidade Paulista (Unip) e é especialista em Assessoria de Imprensa, Marketing Político, Cerimonial e Protocolo, entre outras formações e experiências profissionais.

Carla ministrou palestra com o tema: “Exposição e Segurança nas Redes Sociais – Os prós e os contras no trabalho e na vida pessoal”. Segundo a jornalista, o assunto abordado nada mais é do que a troca de experiências adquiridas ao longo da sua trajetória profissional. “Aprendemos com os nossos erros e acertos e espero poder contribuir um pouco com esta conversa informal e que as minhas informações possam ser úteis no dia a dia das pessoas. Hoje vou ajudar as alunas a trabalhar com as ferramentas de mídia social mais utilizadas como Facebook e o Instagram”.

De acordo com a secretária da Mulher, Jeruza Reis, esta é mais uma oportunidade que as promotoras poaenses têm de conhecer novos conceitos e ampliar os seus conhecimentos por meio de vivências de profissionais renomados. “A Carla Fiamini tem um vasto conhecimento na área de comunicação e temos certeza que as nossas participantes sairão daqui com a bagagem muito mais reforçada”.

O curso “Promotoras Populares Poaenses” teve início em março, na Secretaria da Mulher  e tem duração de oito meses. As participantes do curso têm a atuação pautada por ideias de justiça, democracia, dignidade e defesa dos direitos humanos. “Contamos com lideranças de vários bairros da cidade e os conhecimentos adquiridos com o curso estão sendo difundidos no meio onde elas vivem”, garantiu Jeruza Reis.

Foto e Fonte: Flávio Aquino/Departamento de Comunicação de Poá

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui