Principal objetivo da ação é a conscientização sobre a prevenção do suicídio, buscando alertar a população quanto a este problema “silencioso”

A Secretaria de Saúde de Poá realiza no próximo sábado (28/9) o evento “Setembro Amarelo: Falar é a melhor prevenção!”. A atividade será realizada na Praça da Bíblia (região central), das 8h às 12 horas, e contará com diversos serviços, entre eles: Plantão de psicologia e Serviço Social, Odonto Móvel, auriculoterapia, fisioterapia, teste rápido (HIV, Hepatites e Sífilis), aferição de pressão arterial, avaliação postural, entre outros.

Segundo a secretária da Saúde, Flávia de Souza Verdugo Marques, o evento tem como objetivo abordar o tema suicídio. “O suicídio é um fenômeno complexo e com múltiplas determinações, pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais, identidades de gênero e religiões. Saber reconhecer os sinais de alerta em si mesmo ou em alguém próximo pode ser o primeiro e mais importante passo. O suicídio pode ser prevenido e falar sempre é a melhor opção. Venham participar conosco desse importante dia de prevenção”, comentou a secretária.
O evento estava agendado para ocorrer no dia 21/9, porém, foi cancelado devido ao falecimento, no dia 20/9, de Ilce Vardete Fernandes Costa, vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde.Setembro Amarelo
Neste mês de setembro, a equipe da Saúde está realizando palestras e trabalho preventivo nas escolas, com a participação de psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, farmacêuticos, entre outros profissionais. Nas unidades de saúde, nas salas de espera, também é realizado um trabalho orientativo.

Importante ressaltar que nos últimos anos a Secretaria de Saúde, na gestão do prefeito Gian Lopes, tem realizado um trabalho permanente com o objetivo direto de alertar a população a respeito deste problema que tem afetado muitas famílias no País. “Por isso ampliamos este debate na cidade, a pedido do prefeito Gian Lopes e realizamos ações para alertar as pessoas quanto a esta questão”, completou a secretária Flávia.

No entanto, as ações são intensificadas em setembro, que é o mês escolhido para realização de uma campanha nacional para alertar sobre o suicídio. A demanda está aumentando no Brasil, principalmente entre os jovens.

Iniciado no Brasil pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), o Setembro Amarelo realizou as primeiras atividades em 2015 concentradas em Brasília. Mundialmente, o IASP (Associação Internacional para Prevenção do Suicídio) estimula a divulgação da causa.

Foto e Fonte: Divulgação/Departamento de Comunicação de Poá  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui