A Prefeitura de Suzano anunciou na terça-feira (07/04) mais medidas de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19). Desta vez, as orientações são direcionadas a bancos, Correios e casas lotéricas, a fim de se evitar aglomerações nesses estabelecimentos. As determinações foram oficializadas por meio do decreto municipal n° 9.450/2020 e devem seguir até 22 de abril.

Com a nova publicação, fica estabelecido que locais que dependam de autorização federal para funcionar, como as instituições financeiras, casas lotéricas e serviço postal, deverão ter pelo menos um profissional qualificado para organizar as filas internas e externas, com a oferta, inclusive, de álcool em gel aos clientes.

Também deverão colocar à disposição máscaras e álcool em gel para todos os colaboradores com atendimento direto ao público e aos operadores de caixa; fazer controle de acesso para impedir aglomerações; demarcar no solo a distância de dois metros entre cada cliente que aguardar na fila; e promover constante higienização do local.

Além disso, os estabelecimentos, se possível, poderão colocar um profissional na entrada para aferir a temperatura de seus clientes, orientando aqueles que apresentarem indicativos de serem portadores da enfermidade. “Nosso objetivo é evitar que o vírus se espalhe, preservando a vida e protegendo a todos, sejam funcionários ou clientes”, destacou o prefeito Rodrigo Ashiuchi.

Mercados

No texto do novo decreto, há também mudanças para mercados, supermercados e hipermercados. A partir de agora, os espaços poderão voltar a funcionar aos domingos, até as 14 horas, atendendo ainda as mesmas orientações.

De acordo com o chefe do Executivo, as novas medidas adotadas no município estão em alinhamento com a Associação Comercial e Empresarial (ACE) e com a Câmara de Suzano. “Nosso objetivo é também resguardar os trabalhadores dos referidos estabelecimentos. Pedimos a compreensão e a colaboração de todos”, concluiu.

Decreto permanece

Suzano segue em quarentena, conforme o decreto nº 9.432/2020, que prevê a suspensão de atividades e serviços privados não essenciais, a exemplo de academias, clubes, shopping centers, cinemas, teatros, restaurantes (exceto para entrega) e comércio em geral até 22 de abril (quarta-feira).

Podem continuar funcionando normalmente: hospitais, clínicas médicas, odontológicas e demais especialidades; pet shops e clínicas veterinárias; estacionamentos próximos a unidades de saúde; indústrias; empresas de segurança e de limpeza; agências bancárias (com restrição); casa de materiais de construção; transporte público; estabelecimentos de beneficiamento e processamento de produtos agropecuários; e comercialização de insumos agropecuários, medicamentos de uso veterinário, vacinas, suplementos, defensivos agrícolas, fertilizantes, sementes e mudas.

Os proprietários terão que realizar a higienização do ambiente e providenciar aos seus colaboradores itens para a prevenção contra a Covid-19, tal como luvas, álcool em gel e máscaras.

A Prefeitura de Suzano também já havia publicado outros decretos que dispõem sobre a suspensão de eventos e aulas na rede municipal de ensino, bem como apresentam medidas temporárias e emergenciais de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus no âmbito da administração pública direta e indireta.

Crédito da foto e Fonte: Wanderley Costa/Secop Suzano