A obra de revitalização da Escola Estadual Professor Raul Brasil foi concluída no final do mês de abril e a reinauguração do prédio deve ocorrer somente quando as aulas presenciais forem retomadas, o que deve ocorrer após o período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A informação foi anunciada pelo governador João Doria na tarde da terça-feira (26/05). O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, e o deputado estadual André do Prado participaram da vistoria.

Segundo o Estado, todo o projeto, iniciado em outubro de 2019, custou R$ 3,1 milhões, dos quais R$ 2,7 milhões foram patrocinados por empresas parceiras do Instituto Ecofuturo. Para complementar a obra e adquirir mobiliário e equipamentos, o governo paulista investiu outros R$ 400 mil.

A revitalização teve como objetivo melhorar os espaços, proporcionando mais conforto e segurança a funcionários e alunos com uma ampla reconfiguração das áreas comuns, além da construção de novas salas de estudo, de convivência e administrativas. Uma das principais novidades foi o Espaço de Inovação, um laboratório equipado com 47 notebooks, smart TV e impressora 3D, que fica no prédio principal.

Na ocasião, o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, destacou o trabalho feito frente à segurança, explicando, por exemplo, que o acesso à escola passou a ser pela rua José Garcia de Souza e será restrito a alunos, professores e demais funcionários, somente durante os horários de aulas. Pais e visitantes entrarão pela secretaria da escola, em um acesso independente, construído com vidro blindado para oferecer mais segurança. O mesmo acesso deverá ser utilizado por alunos, professores e funcionários fora do turno escolar.

Por fim, membros do governo estadual enalteceram a forte atuação do prefeito Rodrigo Ashiuchi e de toda a equipe da Prefeitura de Suzano após o crime na escola, principalmente no acolhimento das famílias e no atendimento às vítimas – serviço este que segue até hoje.

Crédito da foto e Fonte: Wanderley Costa/Secop Suzano