Voluntárias da pasta estão trabalhando em casa e peças foram doadas para o Lar Mãe Mariana e para o Fundo de Solidariedade

O trabalho voluntário das mulheres atendidas pela Secretaria da Mulher de Poá não foram paralisados durante a pandemia do novo coronavírus. Pelo contrário, a vontade de ajudar o próximo neste período complicado que o País enfrenta só cresceu e mesmo de casa as participantes do Grupo de Tricoterapia continuaram produzindo e as peças agora foram doadas para a Instituição Assistencial Cristã Lar Mãe Mariana (realiza o acolhimento de longa permanência para idosos) e para o Fundo de Solidariedade de Poá.

Para a secretária da Mulher, Jislene Barreto de Santana, a doação dos itens confeccionados pelas participantes do Grupo de Tricoterapia é algo muito especial. “Nossas meninas sempre colocam nos trabalhos artesanais toda a energia positiva, de amor ao próximo, porque todo o material produzido é doado e desta vez as instituições contempladas foram o Lar Mãe Mariana e o Fundo de Solidariedade. Aproveito para agradecer o empenho de todas que mesmo neste período de pandemia do novo coronavírus estão mantendo os esforços para produção dos itens, que certamente ajudarão muitas pessoas”.

A presidente do Fundo de Solidariedade de Poá, Andressa Lopes, agradeceu a doação. “Esse trabalho da Secretaria da Mulher é muito importante e reforço o meu agradecimento a todas as participantes do Grupo de Tricoterapia. A ação solidária delas merece todo o nosso reconhecimento”, comentou a primeira-dama, que reforçou que as peças recebidas serão utilizadas no Projeto Gestante, que contempla futuras mamães com um kit contendo utensílios para os seus bebês.

Os representantes da Instituição Assistencial Cristã Lar Mãe Mariana também agradeceram a doação de mantas para organização e afirmaram que os itens serão utilizados em ações e atividades com os idosos.

Foto: Divulgação