Primeiro dia do saque do FGTS provoca filas em agências de Ferraz

0
287
Os beneficiários nascidos nos meses de janeiro e fevereiro já têm direito a receber o dinheiro

As duas Agências da Caixa Econômica Federal de Ferraz de Vasconcelos registraram filas na última sexta-feira (10), primeiro dia dos saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os beneficiários nascidos nos meses de janeiro e fevereiro têm direito a receber o dinheiro.

Cerca de 3,3 milhões de brasileiros receberam os recursos no primeiro dia, de acordo com informações divulgadas pela Caixa Econômica. Além das pessoas que sacaram nas agências e canais de autoatendimento, a Caixa Econômica Federal depositou cerca de R$ 2 bilhões nas contas poupança de 1,9 milhão de pessoas, apenas no primeiro dia.

A dona de casa Ana Fabiola, 29, acompanhou seu esposo para resgatar o benefício, mas não conseguiu retirar, pois o dinheiro não caiu na conta poupança. “O gerente orientou a voltarmos mais tarde, ou em outro dia, pois ocorreu um erro do sistema”. Já a moradora terá esperar mais três meses para sacar o seu benefício, pois ainda aguarda a liberação do seu antigo emprego.

Segundo a Caixa Econômica, o primeiro dia de atendimento nas agências de Ferraz foi intenso, sendo este o dia de maior movimento, mesmo com atendimentos rápidos. Nas últimas semanas, o movimento também foi intenso para tirar duvidas e a agência não fará limitação de clientes.

Nos dias anteriores, o banco tinha uma média de 600 atendimentos, porém nessa primeira semana, eles pretendem atender mais de duas mil pessoas. Em apenas três horas de atendimento, cerca de 300 pessoas já passaram pelos autoatendimentos.

Em relação à segurança, foi possível notar a presença de mais guardas dentro e fora do banco, e infelizmente, não é possível ter um controle fora da agência, por isso os funcionários orientam que a forma mais segura de saques em valores altos é a transferência para outro banco (DOC), e quem tiver mais de uma conta inativa, não retirar o valor total para não correr o risco de sofrer uma “saidinha de banco”.

Com a agência lotada, alguns clientes reclamaram do serviço, que apresentou “erro no sistema” em diversos caixas eletrônicos. A moradora Laís Santos, 26, precisou retornar para a mesma fila três vezes, e mesmo assim, o problema se prolongou. Alguns clientes chegaram a esperar mais de quatro horas e não conseguiram consultar nada. “Preciso sacar 500 reais, porém só é possível nos caixas eletrônicos. Parece que a Caixa não dá conta de tanto atendimento, e não é de hoje de isso acontece”, lamenta.

De acordo com os funcionários, como o fluxo de pessoas é inédito os caixas eletrônicos ficaram sobrecarregados, e a manutenção fará o possível para resolver o problema.

A vendedora Maria Luísa, 32, conta que apesar da demora em ser atendida, conseguiu receber o dinheiro. “Um dos benefícios do saque é que sabemos que a população realmente precisa desse dinheiro e ele veio na hora certa, até pela dificuldade financeira que o nosso país está, e para o trabalhador fará uma enorme diferença. Até o programa Bolsa Família faz falta.”

Um dos últimos da fila, o morador Ronaldo Pereira, 27, conseguir fazer a consulta pelo aplicativo de celular normalmente, e pretende guardar o valor em sua conta poupança para uma possível urgência no futuro. “Esse é um dinheiro que eu  não esperava, vou ser inteligente e não gastar com coisas desnecessárias.”

A reportagem do Cenário tentou contanto com a segunda agência da Caixa Econômica de Ferraz, porém a gerente não quis se pronunciar. Os clientes reclamaram da demora em serem atendidos, alguns até esperavam na fila por cinco horas. Infelizmente, uma mulher passou mal na fila e precisou de atendimento. Questionada sobre quantos ferrazenses receberam o benefício, a Caixa Econômica não se pronunciou.

A previsão é que os saques dos beneficiários nascidos nesses dois meses totalizem R$ 6,96 bilhões, proporcional a 15,9% do total disponível, segundo a Caixa. Os demais receberão de acordo com o calendário de saques divulgado pela Caixa. O cronograma de saques continua até o dia 31 de julho, de acordo com a data de nascimento dos trabalhadores.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.