Ferraz de Vasconcelos confirmou um caso de febre amarela. Trata-se de um caso importado e com doença desenvolvida devido a Eventos Adversos Por Vacinação (AEPV), ou seja, em reação a vacina. A paciente é moradora da cidade, tem 62 anos e está em tratamento há seis meses por esteatose hepática. Ainda há mais cinco casos sob suspeita no município.

Segundo informações da Vigilância Epidemiológica do município, ela tomou vacina no dia 15 de janeiro em Perus (Zona Norte de SP), onde houve a evolução de  sinais e sintomas. No dia 17 de janeiro, passou pelo Hospital Regional de Ferraz, onde fez exames de sangue e urina, notificada para investigação de febre amarela, e ficou hospitalizada. O exame de sorologia foi encaminhado ao Instituto Adolf Lutz em 24 de janeiro, dando positivo para o reagente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui