A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos está promovendo a reforma do Centro de Educação Infantil (CEI) “Oliveira Laet”, localizado na Vila Andeyara. Os reparos passarão por toda estrutura e devem ser concluídos até o final de setembro. A obra está sendo realizada com recursos próprios da municipalidade, que estão na ordem de aproximadamente R$ 292 mil.

Em uma visita na tarde de terça, 17 de julho, o diretor de Obras, Planejamento Urbano, Saneamento, Verde, Meio Ambiente e Habitação ferrazense, Neudir Ferreira da Rocha, fiscalizou os serviços. Grande parte da reforma do telhado já está pronta, bem como quase 100% da parte de demolição já concluída.

De acordo com o diretor Neudir da Rocha, a reforma na creche foi necessária para atender os padrões exigidos. “Por exemplo, logo na entrada tínhamos uma rampa que fugia da norma, além do que a unidade não contava com banheiro para pessoas com deficiência. Agora, atendendo a determinação do prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta, a rampa oferece acessibilidade e a construção do novo banheiro já está no projeto”, afirmou Rocha.

No local serão concluídos os reparos no telhado, instalação de novo forro e pisos, reforma geral das três salas de aula, refeitório, pátio, secretaria, playground e parte externa, bem como a conclusão da manutenção do muro. A creche também receberá pintura e revitalização da parte elétrica e hidráulica.

Na “Oliveira Laet” são atendidas 75 crianças entre 0 e 4 anos de idade, que desde o começo da reforma foram remanejadas para as CEI’s “Francisco Faria”, “Pastorinhas” e para a Escola Municipal de Ensino Infantil (Emei) “Maria da Glória Fernandes Leite”. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, os estudantes voltarão à unidade assim que a reforma for concluída.

A titular da Educação ferrazense, Valéria Eloy da Silva Kovac, ressalta que a reforma não implica apenas no visual da unidade. “O atendimento com qualidade é fundamental para o bem estar das crianças. Um ambiente bem planejado e seguro coopera para o sucesso da educação voltada ao aluno como a peça fundamental do nosso trabalho”, destacou Valéria.