Esta é a última semana da campanha Julho Amarelo em Ferraz de Vasconcelos, ação que tem como objetivo intensificar o oferecimento de testes rapidos de Hepatite C. Desde o começo do mês, a Secretaria Municipal de Saúde vem realizando os testes em vários locais do município e até agora já foram aproximadamente 700 pessoas checadas.

O Hospital Regional “Doutor Osíris Florindo Coelho”, já recebeu a visita da Saúde ferrazense, que realizou mais de 300 testes na população e funcionários. O Centro de Integração a Cidadania (CIC) também recebeu o serviços, assim como a Praça da Independência e a própria Prefeitura, onde, na oportunidade, foram realizados 43 testes em servidores e munícipes. De acordo com a pasta, sete testes deram positivos e os indivíduos já foram encaminhados para tratamento, que é oferecido em outras cidades. Ferraz de Vasconcelos possui o tratamento apenas para pessoas que são soropositivos, e o acompanhamento para os demais casos.

No próximo dia 28 a ação será realizada na estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) de Ferraz, no Centro, das 13 às 17 horas. Qualquer pessoa acima de 15 anos poderá fazer o teste. No ato, o munícipe deve estar munido ou do Cartão do SUS ou com RG e CPF. Vale ressaltar que o teste consiste em uma picada na ponta do dedo para a coleta de uma amostra de sangue, e o resultado sai em 15 minutos. O teste rápido para Hepatite B também está sendo oferecido.

De acordo com a interlocutora do programa de hepatites virais do município, Joelma Barcelos, a expectativa deste Julho Amarelo foi superada e umas das metas também foi conscientizar a população. “Excedemos o número de testes rápidos que esperávamos, e isso é muito bom. Além de mapear quem realmente é portador do vírus na cidade, conseguimos conscientizar a população sobre a importância do teste rápido, afinal a Hepatite C é silenciosa, e quando o indivíduo começa a sentir algum sintoma, é sinal que o vírus já está evoluindo para uma doença mais grave”, afirmou Joelma.

Vale lembrar que os testes rápidos para hepatites são oferecidos durante todo os ano nas 13 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município.