O vereador Eliel de Souza (PR), o Eliel Fox pretende acabar com as filas de idosos e pessoas com deficiência em postos de saúde locais. Para tanto, ele elaborou um projeto de lei que determina o agendamento de consultas médicas por telefone. O texto dele foi aprovado em segundo turno na sessão ordinária, na segunda-feira, dia 1º. No momento, o projeto segue para a promulgação do Poder Executivo.

Segundo ele, no caso de idosos, o limite mínimo de idade é de 60 anos na data da avaliação médica e a pessoa com deficiência física ou mental precisará comprovar a sua condição também no momento da consulta. Ainda, de acordo com a matéria, esse tipo de marcação de consulta será possível ser feito por telefones nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), onde o paciente já estiver cadastro ou nos centros de especialidades.

Para marcar a perícia por telefone, o interessado deverá apresentar na ocasião do atendimento o seu documento de identidade ou o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, o referido prevê também que os postos de saúde locais deverão afixar em local visível a população material indicativo do conteúdo da presente lei. Para o autor, a medida vai humanizar o atendimento preferencial e, ao mesmo tempo, evitar a presença de idosos e pessoas com deficiência em filas intermináveis.

Com isso, os munícipes nessa condição poderão ter mais tempo para desenvolver outras atividades no dia a dia. “Na verdade, esse atendimento diferenciado será de suma importância para diminuir a vulnerabilidade de idosos e de pessoas com deficiência proporcionando assim mais qualidade de vida e uma maior integração social”, diz Eliel Fox. Na atualidade, ele encontra-se licenciado do cargo por 15 dias por motivo de saúde. Em seu lugar, assumiu o suplente Derneval Jardim (PR), o Deí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui