No último domingo, 28 de outubro, os brasileiros compareceram mais uma vez as urnas para o segundo turno de votação para Presidente da República e em 13 Estados da Federação mais o Distrito Federal houve segundo turno para Governador.

Em uma votação tranquila e sem muitos exageros de pessoas com bandeiras e santinhos nas portas dos locais de votação, os eleitores puderam votar tranquilamente em seus candidatos no período das 08h às 17h. Ao final da votação, a apuração dos votos deram início quase que de imediato, seguindo o protocolo do TSE. As primeiras urnas apuradas norteavam o rumo da votação dos Governadores dos Estados que estavam disputando o segundo turno. Porém, devido a quatro fusos horários existentes no País, os resultados para Presidente só começaram a ser vinculados a partir das 19h, como aconteceu no primeiro turno.

Assim que foi liberada a divulgação das primeiras urnas apuradas, o Candidato Jair Bolsonaro (PSL) saiu em disparada no primeiro lugar dos votos válidos, confirmando as pesquisas que durante todo o processo eleitoral apontavam o favoritismo do Presidenciável Peesielista. Pois bem, às 19h21, horário de Brasília, Jair Bolsonaro foi declarado eleito como novo Presidente do Brasil com 55,13% dos votos válidos, o que equivale a 57.797.847 votos. O seu opositor, Fernando Haddad, obteve um percentual de 44,87%, totalizando assim 47.040.906 votos válidos.

Após o pronunciamento por uma Live nas redes sociais e posteriormente na TV Aberta, o agora Presidente eleito Jair Bolsonaro, preferiu fazer seu discurso em um tom moderado, conciliador e acima de tudo embasado no seu lema de campanha: “E conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará” (João 8:32).

Fonte: Junior dos Anjos

Cenário Notícias

cenario.redacao@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui