Ainda durante o primeiro semestre do mandato como vereador, o jovem Renato Ramos de Souza, o Renatinho Se Ligue (PPS), fez uma indicação a secretaria de educação do município, sugerindo que aulas de empreendedorismo fossem inseridas na grade curricular da rede. Agora, quase dois anos depois, a ideia foi atendida, e alunos do ensino fundamental II da rede municipal aprenderão conceitos de matemática financeira e planejamento econômico.

A indicação realizada pelo parlamentar em 21 de agosto de 2017, deve se tornar realidade ainda esse ano. Durante reunião com a equipe pedagógica da secretaria de educação, Renatinho relatou o quão importante é para o futuro dos jovens aprender a cuidar de seu dinheiro logo cedo. “As aulas de planejamento financeiro devem mudar a perspectiva deles em relação a dinheiro, sobre como gasta-lo, guarda-lo e planejar o que fazer com ele”, relatou o vereador.

A proposta ainda não foi finalizada, mas as aulas devem fazer parte da disciplina de matemática, influenciando as crianças a trabalharem com situações que estão acostumadas no dia a dia, e até atividades que ajudem os responsáveis com a organização do orçamento familiar.

Segundo Renatinho, a ideia inicial seria uma disciplina de empreendedorismo, que trataria não somente de questões econômicas, mas também técnicas de gestão, inovação, criatividade e sustentabilidade, com conteúdo compatível com a idade dos alunos. “Na prática, o aluno seria preparado, por exemplo, para trabalhar com o empreendedorismo social, ou seja, incutir na sociedade o conceito de medidas sustentáveis conciliando assim avanços tecnológicos e a natureza”, relatou Renatinho.

Ainda de acordo com o parlamentar a inclusão da matemática financeira já é um grande avanço e ainda um primeiro passo para uma grade curricular mais ampla e inovadora.

Fonte: Câmara Municipal de Ferraz