Dia 26 de Setembro é o Dia Nacional do Surdo, uma data muito especial e que nos relembra a história e a luta dessa comunidade. Hoje, mais que nos outros dias, queremos deixar um convite: vamos falar sobre a Libras?

O Dia Nacional do Surdo e o próprio mês de Setembro como um todo é para a comunidade chamado de Setembro Azul. Esse é um mês para celebrarmos a comunidade surda e pensarmos mais sobre a inclusão dos surdos na sociedade.

Mas por que o mês de setembro?

Setembro foi escolhido pelos surdos para comemorar e relembrar a luta por direitos. Por isso, o mês está repleto de datas importantes para a comunidade, como por exemplo o Dia do Surdo. No Brasil, o dia foi escolhido por ser a data de fundação do INES – Instituto Nacional de Educação de Surdos, em 1857. Durante todo o Setembro Azul, a comunidade surda se encontra em eventos e congressos. A principal pauta é a educação dos surdos e a criação de Escolas Bilíngues para o ensino da Libras.

A cor azul foi escolhida pois, durante a II Guerra Mundial, como os judeus que eram marcados com uma estrela de Davi em suas roupas, todas as pessoas que possuíssem algum tipo de deficiência, deveriam levar no braço uma faixa azul, para serem facilmente identificados pelos nazistas – e isso também era mandatório aos surdos. Uma herança triste, mas que dá força à luta dos surdos em todo o mundo. O Azul turquesa também foi escolhido por ser uma cor viva e vibrante, que representa o orgulho surdo e a cultura riquíssima que existe na comunidade. É uma cor que não se esconde, nem se apaga, mas que brilha com orgulho – como os surdos em relação a sua cultura e sua língua.

Todos devemos lutar pela inclusão!

Não é só em Setembro que devemos lutar pela inclusão dos surdos, mas todos os dias. A inclusão acontece quando cada um de nós se interessa e procura entender e ser mais compreensivo com tudo e todos que nos são diferentes. É isso que faz o Brasil um país tão rico – suas várias culturas e a dos surdos é uma delas! Conhecer mais a Libras e levá-la ao maior número de pessoas possível é um belo caminho pra se começar.