Um homem caminhoneiro de 49 anos foi detido em flagrante em Paulínia, no interior de São Paulo, acusado de abusar sexualmente da filha de 13 anos. Levado à delegacia, acabou confessando o crime e sendo preso por estupro de vulnerável e satisfação de lascívia mediante presença de criança e adolescência.

A Guarda Municipal foi chamada pela mãe da menina após ter recebido uma mensagem da adolescente dizendo que estava trancada no banheiro e que precisava de ajuda. Quando os guardas chegaram na casa, o homem disse a eles que a filha estava tomando banho. A menina conseguiu ouvir a movimentação e começou a gritar e falar o que tinha acontecido.

Segundo o comandante Alexandre Mendes em entrevista a UOL, o caminhoneiro estava sozinho na casa com a filha quando passou a assistir a vídeos pornográficos pelo celular. Ele perguntou se a menina já havia tido alguma relação sexual e começou a tocá-la. O homem passará por audiência de custódia.

Fonte: Vejasp