Na quinta-feira (05/03), o governo do Estado divulgou o ranking do Programa Município Verde Azul, que verifica e apoia a gestão ambiental dos 645 municípios paulistas. Um dos principais destaques em ascensão é Suzano, que subiu 260 posições no ranking, um avanço de 512%.


Em 2019, a cidade figurava na 448ª colocação, com um total de 7,9 pontos na gestão ambiental, o que a colocava na faixa “Ruim”. Com o novo resultado, 48,39 pontos, Suzano está no 188º lugar, entra oficialmente no programa com a qualificação “Bom”, compreendida entre 40 e 59 pontos, e passa a integrar o rol de municípios que trabalham ativamente na gestão e na defesa do meio ambiente.

Segundo o governo do Estado, o programa auxilia os municípios na criação e na aplicação de políticas públicas para o desenvolvimento sustentável, em dez diretrizes diferentes: esgoto tratado, resíduos sólidos, biodiversidade, arborização urbana, educação ambiental, cidade sustentável, gestão de águas, qualidade do ar, estrutura ambiental e conselho ambiental. 


Segundo a Secretaria de Meio Ambiente de Suzano, todo o material enviado para análise em setembro de 2019 trata da construção de políticas públicas ambientais, como Licenciamento Ambiental, Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema) e Conselho Municipal de Saneamento Ambiental (Consam) em pleno funcionamento, revisão dos Planos Municipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, de Saneamento Básico, da Mata Atlântica e de Bem-Estar Animal, entre outras iniciativas. Os trabalhos referentes ao Programa Município Verde Azul vêm sendo intermediados pela diretora de Meio Ambiente, Solange Wuo, e pelo especialista ambiental Allan Santos.

Com a qualificação positiva no ranking de cidades que cuidam de sua agenda ambiental, Suzano amplia a possibilidade de contar com mais recursos e opções em parceria com o Estado, como o Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop). “Temos potencial para avançar muito mais neste novo ciclo, com novos resultados concretos a apresentar em 2020, incluindo aumentar o diálogo entre secretarias municipais para promover mais ações conjuntas voltadas à sustentabilidade”, explicou o secretário de Meio Ambiente de Suzano, Edson Gianuzzi.

Crédito das fotos e Fonte: Wanderley Costa/Secop Suzano