Na primeira etapa de vacinação contra a gripe, os públicos prioritários são pessoas acima de 60 anos e profissionais da saúdeRafu, sugeriu à Prefeitura que adotasse o sistema “drive thru” e foi atendido.

Por assessoria do Dr. Rafu Jr

O Ministério da saúde iniciou na última segunda-feira (23) a campanha nacional de vacinação contra a gripe, que neste ano será dividida em três etapas, sendo a primeira de 23 de março a 16 de abril voltada aos idosos com mais de 60 anos de idade e trabalhadores da saúde. Mesmo em meio a pandemia do novo coronavírus, segundo o Dr. Rafu Junior, a imunização contra a gripe não deve ser deixada de lado. “Tomar a vacina da gripe é muito importante nesse momento para evitar com que dois vírus circulem na população ao mesmo tempo”, afirmou o médico.

No domingo (22), cidades como Suzano, Mogi das Cruzes e Poá lançaram uma ação “drive thru”, onde as pessoas eram vacinadas em pontos estratégicos da cidade, sem ter que sair do próprio veículo. Por meio das redes sociais Dr. Rafu pediu que a Prefeitura de Ferraz adotasse a medida para evitar que os idosos, público considerado o mais vulnerável ao Covid-19 tenham que ir até Unidades Básicas de Sáude. “No meu ponto de vista essa ação seria eficaz em Ferraz, acabei sugerindo por meio das redes sociais e no fim das contas a Prefeitura adotou a medida, que pela repercussão vai facilitar a vida de muitas pessoas”, relatou.

 A segunda etapa da campanha será entre 17 de abril e 9 de maio para professores da rede pública e privada, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, condições clínicas especiais, funcionários das forças de segurança e salvamento. Já a terceira e última etapa vai de 10 a 22 de maio para crianças de 6 meses à 5 anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que estejam sob medida socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, bem como adultos entre 55 e 59 anos.O dia D de vacinação ocorrerá no dia 9 de maio em todo o Brasil.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina da gripe protege apenas contra o vírus influenza H1N1 e H3N2, mas a mudança no início da campanha, de abril para março, foi justamente para proteger de forma antecipada os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. “Neste momento, a vacina irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde”, afirmou Rafu.

Inicialmente Ferraz de Vasconcelos recebeu seis mil doses da vacina. Para tomar a vacina é necessário a apresentação de um documento de identificação com foto e para as crianças, é obrigatório  a apresentação da carteirinha de vacinação.  O sistema drive thru vai acontecer nos dias 30 e 31 de março e nos dias 1 e 2 de abril em dois endereços: rua 7 de setembro – altura do número 201 e na rua Rui Barbosa, na altura do número 300, ambos na Vila Romanópolis, das 9 às 15 horas.