Por Junior dos Anjos

       Mediante a crise da Pandemia do novo coronavírus, muitos profissionais do mundo inteiro sentem a falta de equipamentos imprescindíveis para a segurança e proteção de contágio da doença. No Brasil não é diferente. Materiais básicos como luvas, máscaras, aventais e protetor facial estão escassos nos inúmeros hospitais brasileiros e não encontram-se disponíveis para aquisição.

       Diante desta triste realidade, o casal Emerson Gonçalves e Elza Mateus, empresários que pararam as suas atividades neste período de isolamento social (assim como diversos empresários e comerciantes), tiveram a ideia de produzir máscaras de acetato e doar para diversos Postos de Saúde, Hospitais, UBS’s e AMA’s que estão no enfretamento do COVID-19.

       O uso da máscara de acetato protege médicos e enfermeiros, assim como todos os profissionais da área da saúde, de respingos de saliva de pacientes que possam eventualmente está contaminados com o novo coronavírus.

       Com a empresa parada para o atendimento ao público, os empresários conseguem produzir 600 máscaras por dia, uma vez que a máquina de corte a laser faz todo o serviço de forma segura e eficaz.

Contudo, a matéria prima para confecção das mesmas, o acetato, é vendido apenas com pagamento à vista pelos fornecedores.

       Apesar de mais de 2.000 máscaras tenham sido confeccionadas e ofertadas aos equipamentos de Saúde de Ferraz de Vasconcelos e cidades circunvizinhas, a falta de lâminas da matéria prima, impossibilitam a doação deste valioso equipamento de proteção.

Por esta razão, as pessoas que quiserem fazer doação de lâminas de acetato ou doações em espécies para que todo dinheiro arrecado seja convertido na produção de mais máscaras para distribuição gratuita, podem fazer da seguinte forma:

Endereço para doação:

Rua Serra do Panati, 191, Jd. Morganti, Itaquera.

Doação Bancária:

Itaú

Agência: 0682

C/C: 90812 – 4

Emerson Gonçalves

CPF: 143.791.968 – 52