Desta vez, a ação contemplará doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas de transporte público e portuários

Suzano se prepara para a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que começa nesta quinta-feira (16/04) em todos os postos de saúde do município. Desta vez, a ação contemplará os grupos prioritários formados por doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas de transporte público e portuários. Também estava previsto o início da imunização dos agentes de segurança e salvamento, mas este foi antecipado na fase anterior, junto com idosos e profissionais da área da saúde.

Para a nova etapa, a cidade recebeu 8,5 mil doses da vacina. Todas já foram distribuídas nas 23 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Saúde da Família (USFs), onde ocorrerá a aplicação. É preciso apresentar documento pessoal com foto e, se possível, caderneta de vacinação, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 15h30. Suzano ainda tem postos com atendimento em período estendido, até as 20 horas, no Jardim Maitê (terças-feiras) e no Jardim Europa (segundas e quartas-feiras).

A meta é sempre atingir uma cobertura vacinal de 90%, sendo que a demanda e os repasses de doses aos municípios são flutuantes, conforme a procura. É importante ressaltar ainda que a imunização dos idosos e dos profissionais da saúde e da segurança continua. Na primeira etapa foram aplicadas mais de 26 mil doses. A campanha já alcançou 117% dos idosos (ou seja, a totalidade do público-alvo estimado na cidade, mais indivíduos de fora) e 50% dos profissionais da saúde. 

Ao todo, 84 mil pessoas fazem parte dos grupos prioritários em Suzano, de acordo com cálculo do Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE), órgão do governo do Estado. O Dia D está marcado para 9 de maio (sábado), quando começa a terceira fase para educadores (inicialmente previstos para a segunda etapa, mas foram adiados para a última pelo Ministério da Saúde), crianças maiores de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, população indígena, pessoas com deficiência e indivíduos com idade entre 55 e 59 anos. Também serão imunizados adolescentes que estão sob medidas socioeducativas, presos e funcionários do sistema prisional.

Covid-19

A vacina previne contra três tipos do Influenza (H1N1, H3N2 e B), porém não impede a contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19). A imunização dos grupos prioritários se faz necessária a fim de reduzir as possibilidades de manifestação da gripe comum e assim evitar uma sobrecarga do sistema respiratório destes públicos, caso se contaminem, além de facilitar o diagnóstico e direcionar melhor o tratamento.

Crédito das fotos e Fonte: Mauricio Sordilli/Secop Suzano