A Guarda Municipal de Mogi das Cruzes deteve, no início da tarde deste domingo (26/04), um homem acusado de violência doméstica, no Conjunto Santo Ângelo. Com o agressor foram apreendidos um pé de cabra, uma machadinha e uma barra de ferro. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial.

Os guardas municipais receberam a denúncia enquanto faziam patrulhamento na região do hospital Doutor Arnaldo Pezzutti Cavalcanti, em Jundiapeba. Eles se deslocaram até o local, na rua Goiás, e flagraram o agressor no interior da residência. Ele já havia danificado diversos objetos com a utilização das ferramentas que foram apreendidas.

Ainda agressivo, o homem foi contido pelos Guardas Municipais e encaminhado ao distrito policial para o registro da ocorrência. Antes, a vítima e o acusado foram levados à Santa Casa.

A Guarda Municipal de Mogi das Cruzes intensificou o trabalho de combate à violência contra a mulher durante o período de quarentena e isolamento social para o combate à pandemia de Covid-19 e à disseminação do novo coronavírus. Com isso, as rondas e contatos telefônicos com as mulheres acompanhadas pela Patrulha Maria da Penha estão sendo feitos com maior frequência.

Tráfico de drogas

Já na tarde de sexta-feira (24/04), a Guarda Municipal deteve 4 homens acusados de tráfico de drogas. Os flagrantes aconteceram na avenida Luxemburgo, em Jundiapeba, e na rua da Glória, no Botujuru. Ao todo, foram apreendidas 228 porções de entorpecentes, além de R$ 686,20.

No Botujuru, foram detidas três pessoas, sendo dois maiores de idades e um menor. Com eles foram encontradas 81 porções de maconha, 45 porções de crack, 42 porções de cocaína, 21 porções de lança-perfume, 1 telefone celular e R$ 152,45 em dinheiro.

Já na ocorrência de Jundiapeba, um homem foi preso ao tentar fugir da viatura, se escondendo em uma moita. Com ele, foram encontradas 31 porções de maconha, 4 porções de lança-perfume e 3 porções de cocaína, além de R$ 533,75 em dinheiro.

Secretaria de Segurança