O distrito de Jundiapeba está recebendo as obras da segunda unidade do Restaurante Bom Prato de Mogi das Cruzes. Trata-se de um importante investimento da Prefeitura, que visa garantir segurança alimentar para uma região populosa e com muitas famílias em situação de vulnerabilidade social. As obras estão com cerca de 35% de conclusão e a previsão é que o equipamento seja entregue ainda neste ano. 

Na semana passada, o prefeito Marcus Melo vistoriou a obra, acompanhado de secretários municipais. “Assumimos o compromisso de construir essa unidade de Jundiapeba, pois sabemos que é uma obra importante para a comunidade local. Os trabalhos estão seguindo o cronograma e esperamos ter ainda neste ano essa nova unidade em operação”, pontuou.

O investimento da Prefeitura na obra é de R$ 1.033.666,60. O equipamento está sendo instalado na esquina da Avenida João de Souza Branco com a Rua Dr. Francisco Soares Marialva, ao lado do terreno que recebe a terceira Unidade de Pronto de Atendimento (UPA) da cidade. O Bom Prato também ficará nas proximidades de equipamentos como creches e Centro de Referência de Assistência Social (Cras). 

“É toda uma ampliação da rede de atendimento já existente em Jundiapeba, para atender às demandas da população local, pois muitos carecem desse tipo de amparo”, destaca a secretária municipal de Assistência Social, Neusa Marialva. 

O Bom Prato de Jundiapeba terá 300 metros quadrados de área construída, com amplo salão para 200 lugares. Neste momento, as obras estão na fase de execução de vigas para a laje de cobertura, montagem de escoramentos de laje e assentamento de tubos para a coleta de esgoto. 

A nova unidade deve seguir o padrão de preços do Bom Prato do Centro da Cidade, que serve café da manhã a R$ 0,50, almoço a R$ 1,00 e, excepcionalmente neste momento, jantar também por R$ 1,00. 

O Bom Prato tem sido um importante aliado da população neste momento de pandemia. Com a decretação de quarentena e os inevitáveis impactos no orçamento dos cidadãos, as unidades de todo o Estado passaram a servir também jantar, além de funcionar aos finais de semana e feriados. As refeições são servidas em embalagens descartáveis, já que não é possível se alimentar nas unidades.

A unidade de Mogi das Cruzes, que funciona na rua professor Flaviano de Melo, 378, também tem fornecido alimentação para as unidades de acolhimento provisório de pessoas em situação de rua, que foram abertas no mês de abril na Vila Industrial e em Cezar de Souza, com o objetivo de oferecer alojamento seguro no período de isolamento social, para enfrentamento da pandemia da Covid-19. 

Sobre o programa

O Programa Bom Prato, do Governo do Estado de São Paulo, foi criado em dezembro de 2.000 com objetivo de oferecer à população de baixa renda refeições saudáveis e de alta qualidade, a custo acessível. No Estado de São Paulo, o Bom Prato é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e atende diariamente mais de 93 mil refeições. O programa conta com 58 unidades em funcionamento, sendo 22 localizadas na Capital, 11 na Grande São Paulo, 8 no litoral e 17 no interior. 

Fonte: Secretaria de Assistência Social