A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, por meio do decreto municipal 6.213/20, prorrogou a quarentena na cidade até o dia 31 de maio, seguindo também as diretrizes estaduais, como anunciadas hoje, 8 de maio, pelo governador de São Paulo, João Doria. Com a medida, continuam proibidas aglomerações e permanecem outras medidas com o objetivo de inibir o contágio do novo coronavírus no município.

É a terceira vez que a quarentena é prorrogada em Ferraz, visto que o decreto 6.201 prorrogava até 10 de maio. Neste período, a Guarda Civil Municipal (GCM) continuará atenta e realizando patrulhamentos preventivos no sentido de inibir reuniões, sejam elas de qualquer natureza, visando cumprir as recomendações municipais e de órgãos de saúde, evitando aglomerações. O uso de máscara de proteção facial na cidade também é de uso obrigatório e pode gerar multa.

Vale destacar que, de acordo com o prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta, é essencial que a população contribua com o isolamento social, pois até 8 de maio, a cidade possuía 261 casos da Covid-19. 17 mortes da doença já foram confirmadas no município.

“Buscando alinhar as ações em conformidade com o governo do Estado no tocante às medidas de contenção no avanço ao novo coronavírus, prorrogamos a quarentena também em Ferraz, com o objetivo principal de proteger a população. Esperamos que os munícipes respeitem a medida e possam aderir ao isolamento social, que tem se mostrado eficaz no combate à doença”, pediu o chefe do Executivo ferrazense, Zé Biruta, falando diretamente aos moradores de Ferraz. 
Fonte: DeCom Ferraz