A Secretaria de Saúde, por meio da Divisão de Vigilância Sanitária, iniciou em 11 de maio,  uma programação de reuniões com a finalidade de dialogar com os órgãos competentes, autoridades e empresários locais sobre o planejamento da abertura gradual do comércio em Poá. A atividade contou com a participação do prefeito Gian Lopes, do presidente da Associação Comercial e Industrial de Poá (ACIP), Rodolfo Zaharansky Filho, secretários municipais e técnicos de diferentes departamentos.

O prefeito Gian Lopes agradeceu o empenho de todos os participantes no engajamento para a elaboração do Plano de Reabertura para a Retomada Consciente da Economia. “Vivemos esse momento complicado e precisamos retomar algumas atividades, porém, com cautela, de maneira planejada, respeitando o plano de contingência apresentado pela Divisão de Vigilância Sanitária e as medidas de prevenção e proteção para os funcionários e clientes”, comentou.

De acordo com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Poá (ACIP), Rodolfo Zaharansky Filho, o Plano de Reabertura para a Retomada Consciente da Economia é baseado em estratégias de cautela, segurança e respeito às realidades de cada segmento. “Precisamos entender que todos os cuidados ainda são extremamente necessários. Estamos comprometidos com uma retomada que se mostra viável para nossa economia e que não perca, em momento algum, o foco primordial que é a preservação de vidas. A retomada tem que ser segura e gradativa e a ACIP está à disposição de todos os empresários para ajudar no que for possível”.

Segundo a secretária de Saúde, Flávia Verdugo, a administração municipal, entidades e os empresários sempre estiverem juntos desde o início da crise do Coronavírus e o objetivo é que agora todos sigam trabalhando em conjunto e com responsabilidade. “Dessa maneira vamos tornar possível, segura e viável a retomada dos serviços do comércio e também de outros setores de nossa cidade. É importante todos cumprirem as medidas para garantirmos a saúde e a segurança de todos”.

PLANO DE CONTINGÊNCIA
Para retomada das atividades, técnicos da Divisão de Vigilância Sanitária apresentaram um Plano de Contingência que deverá ser adotado, de forma imediata, pelas empresas, de quaisquer segmentos, de pequeno, médio e grande porte localizados no município.

O plano deve considerar os protocolos e orientações do Ministério da Saúde e das Secretarias de Saúde Estadual e Municipal, e deve abranger detecção, investigação e monitoramento de surtos de síndrome gripal, e suspeitos ou confirmados de COVID-19.

Além disso, devem ser observadas mudanças de layout, mobiliário e dispositivos, como bebedouros, devido aos fluxos necessários de higienização, distanciamento e de mudanças em processos laborais, refeitórios, cozinhas, portarias, vestiários, entre outros.

RETOMADA
A retomada das atividades foi definida na tarde de 10/6, após Assembleia Extraordinária do Conselho de Prefeitos. Na reunião ficou decidido pela reabertura nesta sexta-feira (12/6), de setores de serviços (9h às 15 horas), comércio (10h às 16 horas), concessionárias e lojas de revenda de carros (período de 6 horas) e igrejas (com até 30% da capacidade e seguindo protocolos de distanciamento).

Um decreto regulamentando a retomada das atividades está sendo elaborado e será publicado. As reuniões da Divisão de Vigilância Sanitária com os empresários e comerciantes da cidade acontecerão até amanhã e visam orientar sobre medidas de prevenção e proteção de funcionários e clientes que deverão ser adotadas, entre elas a oferta de solução alcoólica 70% (álcool em gel) para uso dos clientes e funcionários em local de fácil acesso e a obrigatoriedade do uso de máscaras dentro das instalações, por todos os funcionários, clientes e/ou frequentadores.

Foto e Fonte: Divulgação/Departamento de Comunicação de Poá