Sede, respiração ofegante e língua para fora. Olhando para esses três sintomas, é fácil imaginar que o cachorro sente calor. De fato, assim como a gente, os cães também recorrem a mecanismos para manter sua temperatura corporal estável em dias quentes. 

Além disso, eles também estão sujeitos a quadros de hipertermia quando esses mecanismos não são suficientes. Para ajudar o pet a se refrescar, descubra a seguir como identificar os sinais do cachorro com calor e o que fazer para melhorar seu bem-estar.

Hipertermia: o que é e quais são os sintomas

Conforme explica a Dra. Josiane de Oliveira Souza, médica-veterinária da Petz, a hipertermia canina é caracterizada pelo aumento da taxa metabólica, com aceleração no ritmo respiratório, a fim de regular a temperatura corporal basal. A língua para fora e a respiração ofegante, portanto, estão entre os primeiros sintomas de que o pet está com calor.

Quando o cachorro se encontra em situações extremas e não consegue baixar sua temperatura, esse processo de taquipneia pode dar início a um quadro de desidratação, levando a um colapso respiratório. Entre os sintomas de que o cachorro está com calor estão:

  • Respiração ofegante;
  • Salivação excessiva;
  • Apatia/prostração;
  • Andar cambaleante;
  • Confusão mental;
  • Vômitos e diarreias,
  • Taquicardia.

Os sintomas da hipertermia são progressivos, ou seja, pioram de acordo com a evolução do quadro. Ao perceber que seu cachorro sente calor, procure refrescá-lo imediatamente. E, ao contrário do que muitas pessoas às vezes pensam, os pelos protegem o cachorro do calor em vez de aquecê-lo.

O que fazer quando o cachorro está com muito calor?

Em condições normais, os cachorros têm seus próprios métodos para se refrescar nos momentos de calor passageiro. É o que acontece, por exemplo, quando o pet se deita com a barriga no chão frio. Outras medidas, porém, dependem bastante da iniciativa do tutor. A seguir, confira algumas dicas do que fazer ao perceber o cachorro com muito calor:

  • Ofereça água fresca em abundância;
  • Leve o pet para um local fresco e com sombra;
  • Passe um cubo de gelo na barriga do cão, isso também ajuda a refrescá-lo;
  • Caso ele esteja fazendo atividade física, interrompa o exercício imediatamente,
  • Estimule o pet a se deitar sobre uma superfície fria. Hoje em dia, é possível encontrar tapetes gelados próprios para cães em lojas como a Petz.

Tenha em mente que essas medidas com o cachorro no calor devem ser adotadas de preferência antes que o pet entre em um quadro mais grave de hipertermia. 

Se, além de respiração ofegante, o cachorro apresentar outros sintomas, como confusão mental, tente refrescar o pet e o leve imediatamente a uma clínica veterinária de pronto atendimento.