Por Junior dos Anjos

       Na última sexta-feira, 27 de novembro, a TV Cenário promoveu um grande debate sobre o tema “Vidas Negras Importam”, questões sobre o racismo foram debatidas pelos convidados, tendo como mediador o jornalista e apresentador Jairzinho Cenário.

       Participaram do debate: Anna Flávia (primeira Miss Suzano negra), Clóvis Caetano (advogado e professor de Direito Constitucional e Direito Administrativo), Juliana Delfino (jornalista, militante do Movimento Social em Defesa da Cidadania e representante do CONEN – Coordenação Nacional de Entidades Negras), Ismael Obaminha (ex-secretário de Cultura de Ferraz de Vasconcelos e militante das Causas Negras), Mainá Morena (ativista do Movimento Negro) e Antônio Bernardo (Psicólogo, professor universitário e ativista em projetos de saúde mental e assuntos étnico-raciais).

       O programa iniciou com uma introdução do mediador sobre o tema em questão e a exibição de um vídeo sobre o Movimento Vidas Negras Importam. Os convidados foram devidamente apresentados e tiveram a oportunidade de comentar um pouco sobre as suas lutas, trabalhos e aptidões.

       Após a exibição de um vídeo de um homem negro “negando” e questionando todas as lutas, vitórias e conquistas do povo negro, os convidados puderam expor seus pensamentos e comentários sobre o tema.

       Um ponto forte do debate, foram as perguntas direcionadas aos convidados que podiam responder ou questionar alguém do debate. As perguntas foram as seguintes:

1.  Você é contra ou a favor as cotas raciais?

2.  O que significa para o Movimento Negro, ter Sergio Nascimento de Camargo como presidente da Fundação Palmares?

3.  Zumbi dos Palmares é na sua opinião o personagem que mais representa toda a resistência contra a escravidão no Brasil, por quê?

4.  A educação pode melhorar o racismo, de que forma?

5.  O presidente Jair Bolsonaro tem lutado para acabar com o preconceito racial no País, como?

6.  Na política, o negro no Brasil não chega a 4% de representatividade. Qual o motivo na sua opinião?

Por fim, os convidados agradeceram pela oportunidade por participarem de um debate tão rico em opiniões e posicionamentos ideológicos sobre questões do povo negro.