Evento também oficializou o vice-prefeito Walmir Pinto e os 19 vereadores eleitos

O prefeito reeleito Rodrigo Ashiuchi (PL) foi diplomado nesta quinta-feira (17/12), em evento realizado pela Justiça Eleitoral no Teatro Municipal Dr. Armando de Ré. O ato, que oficializa a vitória do suzanense nas urnas, também garantiu a diplomação do vice-prefeito Walmir Pinto (PDT) e dos 19 vereadores eleitos.

Iniciada às 14 horas, a cerimônia foi conduzida pelo juiz da 181ª Zona Eleitoral, Dr. Fernando Augusto Andrade Conceição, que garantiu que a eleição municipal deste ano, em Suzano, foi uma das mais tranquilas. “Tudo ocorreu tranquilamente. Houve apenas um chamado para uma urna, porém, rapidamente foi trocada por outra eletrônica e não trouxe prejuízo à eleição. A cidade poderia ter tido dois turnos, contudo o prefeito Rodrigo Ashiuchi não deixou acontecer, já que teve uma grande votação. Agradeço a todos os servidores dos cartórios, aos policiais e também aos GCMs (Guardas Civis Municipais) por todo apoio e empenho”, finalizou, desejando sorte aos eleitos.

Após o discurso, subiu ao palco o prefeito para ser diplomado. A ação foi sequenciada pelo vice e pelos vereadores eleitos, em ordem de votação: Leandro Alves de Faria (PL), o Leandrinho; Marcos Antonio dos Santos (PTB), o Maizena Dunga Vans; Pedro Ishi (PTB); Gerice Lione (PL), a esposa do Prefeito da Academia; Artur Takayama (PL); Givaldo Freitas dos Santos (PL), o Baiano da Saúde; Denis Claudio da Silva (DEM), filho do Pedrinho do Mercado; Antonio Rafael Morgado (PDT), o professor Toninho Morgado; Marcio Alexandre de Souza (PL), o Marcio Malt; Lazario Nazaré Pedro (Republicanos), o Lázaro de Jesus; Nelson dos Santos (PL), o Nelson do Fadul; Joaquim Rosa (PL); Max Eleno Benedito (Podemos), o Max do Futebol; Rogério Castilho (PSB); Marcel Pereira da Silva (PTB), o Marcel da ONG; Edirlei Junio Reis (PSDB), o professor Edirlei; Jaime Siunte (PSDB); José de Oliveira Lima (PDT), o Zé Oliveira; e André Marcos de Abreu (PSC), o Pacola.

Para Ashiuchi, a iniciativa marca o encerramento do processo eleitoral, reconhecendo os candidatos eleitos e reeleitos para a gestão dos próximos quatro anos. “Quero aqui agradecer o juiz Dr. Fernando Augusto pelo trabalho e, em seu nome, estendo meus cumprimentos a todos os membros da Justiça Eleitoral, do Ministério Público e aos que colaboraram com a eleição em nossa cidade”, afirmou. O prefeito, que foi reeleito com a maior votação da história da cidade, somando 110.001 votos, o que representa 77,8% dos votos válidos – podendo chegar até 82,6% -, garantiu que terá uma segunda gestão ainda melhor. “Queremos romper esse estigma em Suzano de que segundo mandato não há tanto trabalho, tendo ainda mais entregas, inaugurações e benfeitorias às famílias suzanenses. Garanto que vamos oferecer uma Saúde, Segurança, Geração de Emprego e as demais áreas muito melhor a todos”, concluiu.

Participação Também estiveram presentes a primeira-dama e presidente do PL Suzano, Larissa Ashiuchi; o advogado eleitoralista Afrânio Evaristo; o promotor eleitoral da 181ª Zona Eleitoral, Dr. Flávio José Zamponi Santiago; a chefe da 181ª Zona Eleitoral de Suzano, Imaculada Pires de Almeida; e o promotor Rafael Ribeiro do Val. Evento A cerimônia foi restrita aos políticos eleitos em 15 de novembro, tendo a possibilidade de levar apenas um acompanhante cada. Na entrada houve aferição de temperatura. O espaço contava com dispensers de álcool em gel e com distanciamento nos assentos. As medidas foram tomadas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).