Exclusivo

A TV Cenário tem recebido diversas denúncias e reclamações por parte da população Ferrazense, sobre as demissões que estão ocorrendo neste início de mandato da atual prefeita Priscila Gambale.

No programa “BOM DIA FERRAZ”, o apresentador e jornalista, Jairzinho Ambrósio, levantou a questão em relação a resposta encaminhada pela Prefeitura Municipal na tarde da última quarta-feira, 13 de janeiro, no qual segundo o apresentador, foi muito superficial. 

Por este motivo, foi encaminhado novamente a Municipalidade algumas perguntas para que a população em geral fique a par de tudo o que de fato torneia essas demissões. 

Segue a baixo os questionamentos e respostas por parte da Prefeitura Municipal de Ferraz de Vasconcelos:

REDAÇÃO: No comunicado encaminhado por parte da Secretaria de Comunicação, foi informado que a Justiça havia recomendado tais demissões. A Justiça recordou ou a prefeita Priscila Gambale é obrigada e demitir imediatamente?

PREFEITURA DE FERRAZ: Não é uma recomendação apenas. É uma determinação feita pelo Ministério Público de São Paulo, que atua como fiscal da lei e possui poder para exigir o seu cumprimento. Se essas exigências não forem cumpridas, os agentes públicos da Prefeitura irão responder por improbidade administrativa.

 REDAÇÃO: Existe casos onde funcionários participaram de concurso público e mesmo assim estão sendo demitidos?

PREFEITURA DE FERRAZ: Não. O Ministério Público exigiu que a Prefeitura demita apenas os funcionários temporários celetistas (CLT) que estão irregulares. Importante lembrar que os funcionários temporários em questão foram submetidos a um processo seletivo, mas não participaram de concurso público.

 REDAÇÃO: Existe a possibilidade da Prefeitura averiguar caso a caso antes das demissões? 

PREFEITURA DE FERRAZ: A prefeitura pode mudar a ordem das demissões na lista de acordo com cada caso, porém não pode se abster de demitir os funcionários temporários irregulares. Foi definido que estão próximas de se aposentar e possuem mais dificuldade de ingressar no mercado de trabalho, serão as últimas da lista ao lado dos funcionários que desenvolvem atividades essenciais à prefeitura. 

REDAÇÃO: Tendo em vista que o secretário de Assuntos jurídicos da prefeitura atual, o Sr. Bruno Daniel, ser o mesmo da gestão passada de Zé Biruta. Por que ele não tomou essa decisão anteriormente?

 PREFEITURA DE FERRAZ: As providências começaram a ser tomadas na gestão passada, tendo em vista a cobrança pelo Ministério Público e do Tribunal de Contas, desde 2016, para que as demissões fossem realizadas. No dia 7 de dezembro de 2020, o então Secretário da Saúde Municipal encaminhou um memorando ao Prefeito com o rol de funcionários que deve ser demitido. Jurídico recomendou a época a tomada das necessárias providências a cabo do chefe do poder executivo o que iniciou o processo, porém, por conta da pandemia os processos atrasaram.