Quarenta anos depois do primeiro caso de infecção pelo HIV (causador da aids) ser reportado no mundo, uma vacina contra este vírus se está perto de se tornar realidade.

Neste episódio do podcast Você e o Doutor, o médico Antonio Sproesser fala sobre um imunizante desenvolvido por cientistas da Califórnia, nos Estados Unidos.

A potencial vacina induziu o desenvolvimento de anticorpos neutralizantes em 97% de 48 indivíduos em uma rodada de testes.

A Organização Mundial da Saúde estima que 38 milhões de pessoas sejam portadoras do vírus HIV em todo o planta.

No Brasil, 642 mil pessoas diagnosticadas com HIV estavam fazendo tratamento com antirretroviral em outubro do ano passado, segundo o Ministério da Saúde.

Todavia, estimativas da pasta dão conta de que cerca de 135 mil pessoas podem ter HIV e não saber, porque não foram testadas.

noticias.r7