Doações voluntárias são destinadas às famílias em vulnerabilidade social afetadas pela pandemia

Mais de 11 toneladas de alimentos já foram arrecadadas durante a campanha regional “Vacinação Solidária”, adotada na maioria dos municípios do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê entre o final de março e o início de abril. A campanha visa incentivar o público-alvo da campanha de vacinação contra a Covid-19 a fazer a doação voluntária de um quilo de alimento não perecível.

A iniciativa partiu de Guarulhos e Mogi das Cruzes e foi seguida pelos municípios de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano. Os alimentos arrecadados são direcionados aos Fundos Sociais dos municípios, que ficam encarregados da destinação a famílias em situação de vulnerabilidade social e que tiveram a renda afetada pela pandemia. No caso de Salesópolis, a campanha é vinculada à Secretaria de Assistência Social.

Para a presidente do Fundo Social de Suzano e coordenadora do Conselho de Fundos Sociais do CONDEMAT, Larissa Ashiuchi, a iniciativa demonstra o caráter solidário das pessoas. “É gratificante ver que mesmo diante de momentos tão delicados, as pessoas ainda buscam fazer a diferença para aqueles que mais precisam”, destacou.

Em Arujá, devido ao sucesso da campanha, a Prefeitura ampliou os postos de arrecadação de alimentos, abrangendo também a Campanha de Vacinação contra a Gripe, que teve início na última segunda-feira (12/04).

“A vacinação solidária é uma dose de esperança. Além disso, o ato de doar o alimento é um alento para aquelas pessoas e famílias que perderam o emprego nessa pandemia ou que passam por dificuldades”, destacou a presidente do Fundo Social de Arujá, Clau Camargo.

A campanha “Vacinação Solidária” segue na região de acordo com os dias, horários e pontos de arrecadação divulgados por cada município. 

CONDEMAT