A realidade conta para nós. É a realidade que Grita, não sou eu que quero impor, mas grande porcentagem da humanidade está fadigada e Monótona — vivendo uma vida tradicional.

Estão apertados em ônibus e vagões, mas gostariam de estar em uma fazenda verde com muito Silêncio e frescor. Se espremem em filas de bancos e lotéricas, mas gostariam de estar deitado na Areia em uma Praia paradisíaca. Infelizmente pode ocorrer o oposto do que Você deseja, sair dessa vida, fadigado e sem realizações e com dorso dolorido por excesso de Trabalho.

As obrigações, falam mais alto, e o cansaço fica em silêncio.

Arcamos com responsabilidades e assumimos riscos para sobreviver, e ao invés de ter autonomia para sobressair desse buraco medonho chamado destino — não temos poder para assegurar nosso próprio caminho. Existem pessoas que tomam providência por nós, inescrupulosos e de má índole que usam o Governo como um pedaço de pão e coam seus erros em uma peneira furada, deixando vestígios das suas, insensatez.

Acordam e tomam café inquieto, podendo a qualquer momento se afundar na  lama de sua própria corrupção.

O desenvolvimento de um Pais Pausa quando assumimos compromissos com surpresas. Sorrateiramente entram no Escritório do Governo e encontram diversas pilha de papéis mal lidos e pendentes… colocam no topo de uma Pilha de Papeis que não é prioridade, fazendo com que toda pilha se desorganize e o assunto abaixo não tem contexto com o de cima. Abandona as prioridades antigas e esquecem os excedentes.

Não sentem a dor da fome, o choro livre dos necessitados, esquecem do que foi chamado para fazer, deixando suas atitudes gananciosas assumirem a posição de líder fazendo com que todo sistema entre em colapso.