A Prefeitura de São Paulo disse nesta sexta-feira (16) que foram identificados 103 agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que receberam o imunizante contra a Covid-19 na capital.

De acordo com a gestão municipal, eles terão a segunda dose garantida para completar a imunização.

A Secretaria Municipal da Saúde apura o erro que levou os agentes a serem vacinados por engano na terça-feira (13).

Os agentes não estão no grupo prioritário, e a vacina que eles deveriam tomar era a da gripe (H1N1), já que as duas campanhas de vacinação estão em andamento no estado ao mesmo tempo.

Para evitar mais confusão dos munícipes e também aglomerações, a vacina contra o novo coronavírus é aplicada nas unidades básicas de saúde (UBSs) e a da gripe, nas escolas municipais.

Fotos da vacinação dos agentes da CET registram a imunização contra a Covid-19. Eles correram para os postos depois que receberam um e-mail da Secretaria Municipal da Saúde da capital autorizando a imunização.

A mensagem enviada às 10h05, timbrada, é clara: “a partir de 13 de abril, os agentes poderiam ser vacinados contra a Covid-19. Bastava apresentar o crachá nos postos”.

Segundo a secretaria, tudo não passou de um engano. Na própria terça (13), a Prefeitura de São Paulo divulgou um novo comunicado avisando que a vacina era contra a gripe e não contra a Covid-19. Mesmo assim, os agentes receberam as doses em pelo menos quatro locais.

Um funcionário da CET ouvido sob condição de anonimato afirmou que, quando a mensagem de retificação da prefeitura chegou, muitos agentes já tinham corrido para os postos para se vacinar.

“Por volta de uma e meia, duas horas [depois] já tinha sido cancelada, aí começou o transtorno, porque muitos já estavam em postos de saúde. Tem o relato de um colega que estava com a agulha já no braço e não aplicaram. E outros tiveram a sorte”, disse ele.

Os agentes receberam as doses em, pelo menos, quatro unidades básicas de saúde: Vila Medeiros (Zona Norte), Penha (Zona Leste), Cambuci (Centro) e Butantã (Zona Oeste).

A prefeitura também informou que a inclusão desses profissionais no grupo prioritário de vacinação depende do recebimento de novas remessas do imunizante.

Frascos da dose de vacina contra a Covid mostram que agentes de trânsito conseguiram ser vacinados nesta terça em SP — Foto: Reprodução/TV Globo

Fonte: G1