Iniciativa contemplou cinco moradores das Vilas Eureka e Ararat em ato simbólico nesta quarta-feira (28/04); mais de 1,2 mil lotes já foram registrados em cartório

A Secretaria de Obras Públicas, Planejamento, Orçamento e Habitação de Interesse Social e a prefeita Marcia Bin realizaram nesta terça-feira (28/04) a entrega das matrículas de imóveis para cinco moradores das vilas Ararat e Eureka, de Poá. O ato simbólico, que marca o início da distribuição dos documentos, foi no gabinete da chefe do Executivo e contou com a participação do responsável pela pasta, Ricardo Leão, e do secretário de Governo, Marcio Borzani.

A ação é resultado do Regulariza Poá, o Programa de Regularização Fundiária do município. De acordo com o secretário da pasta, Ricardo Leão, são 1.277 lotes registrados em cartório, sendo que deste total, 843 já estão legitimados aos proprietários e 434 estão para serem validados. Além das Vilas Eureka e Ararat, os outros bairros beneficiados são a Vila General, Turmalina, Belvedere, Chácara Santa, Cachoeira Paulista, Padre Eustáquio, Voluntários da Pátria, Uruana e Clemente Cunha Ferreira.

“A entrega hoje foi simbólica por causa da pandemia da Covid-19, mas as certidões serão entregues a todos os moradores contemplados. A nossa equipe está empenhada e a previsão é que o projeto habitacional alcance diversos outros bairros nesta gestão.Inclusive, já há outros núcleos em processo de análise e novos lotes em fase inicial de levantamento, como é o caso do núcleo Santa Helena, por exemplo”, explicou.

Uma das contempladas presente no ato simbólico foi a moradora Maria da Silva Moreira, da vila Ararat. Ela recebeu o documento das mãos da prefeita Marcia Bin e estava emocionada. “Agradeço o esforço que fizeram pela gente. Foram mais de 45 anos de espera e sozinhos nós não iríamos conseguir. Sempre fui muito bem recebida pelos servidores da pasta e
quero muito agradecer por toda a atenção que nos deram”, disse. Somente na Vila Eureka são 869 lotes registrados em cartório, sendo 676 lotes legitimados e 193 a serem validados. Já na Vila Ararat, são 92 lotes registrados, sendo 48 legitimados e 44 lotes que estão em andamento para serem atestados.

“Este é um ano atípico com muitas turbulências. Mas, este é um projeto que conseguimos obter muito sucesso neste primeiro bimestre, resultado de um grande empenho de toda a equipe. Este registro dá o direito de propriedade de fato e promove segurança. Uma conquista que ninguém mais tira destes moradores. Estamos trabalhando muito para que este direito
chegue a muitos outros poaenses”, finalizou.

Também participaram da cerimônia de entrega dos documentos o assessor técnico da pasta Antônio Carlos Pereira Santos; o chefe de departamento, Edson Massao Inoue; e a chefe de divisão, Cláudia Marinha.

FOTOS: Rodrigo Nagafuti/Secom Poá