Fruto de uma emenda impositiva de R$55 mil, feita pelo vereador Claudio Ramos Moreira (PT) ao orçamento municipal do ano passado, finalmente, a Guarda Civil Municipal (GCM) já está de posse de duas motos 300 cilindradas que serão usadas no patrulhamento preventivo na cidade, em breve. O petista visitou a sede da instituição nesta segunda-feira, dia 03.

No local, na região central, Claudio Ramos foi recepcionado pelo comandante da corporação, Cleverson Ramos e pelo secretário municipal da Segurança Urbana, Renato Gomes da Silva. Na ocasião, o parlamentar tomou conhecimento das ações adotadas pela pasta, entre elas, a criação de um centro integrado de monitoramento por câmeras avaliado em torno de R$3 milhões. “Aliás, uma promessa de campanha”, diz Renato.
Em relação às duas motos recém-compradas, o secretário disse que espera apenas a admissão dos 20 novos agentes para formar um pelotão especial motorizado e, ao mesmo tempo, melhorar o policiamento preventivo e, ao mesmo tempo, contribuir para aumentar a sensação de segurança pública ao cidadão em geral. Por isso, Renato Gomes aproveitou para agradecer o apoio de Claudio Ramos à corporação.

Já o comandante Ramos acrescentou que a chegada das duas motos vai servir para reforçar o patrulhamento preventivo, ou seja, o trabalho operacional da GCM na cidade. Para ele, as emendas impositivas apresentadas por vereadores têm sido fundamentais desde a última gestão para equipar cada vez a corporação e, com isso, oferecer um policiamento mais presente em prol da sociedade ferrazense.
Parceiros

Além de Claudio Ramos, também propuseram emendas impositivas para beneficiar a GCM, o vereador Luiz Fábio Alves da Silva (PSB), o Fabinho, e o então parlamentar Renato Ramos de Souza, o Renatinho Se Ligue. Com isso, somada com as duas de autoria do petista, a frota de motos da corporação atingiu oito viaturas. “Agora, resta-nos esperar a criação do pelotão especial”, finalizou Claudio Ramos.

Por Pedro Ferreira, em 03/05/2021.