Cerca de 14 mil alunos serão contemplados; quantidade de produtos é equivalente à merenda do estudante em três meses do ano letivo

Na tarde desta terça-feira (11/05), a prefeita poaense Marcia Bin participou do início da entrega do kit alimentação para os alunos da rede municipal de ensino. As Escolas Municipais de Ensino Básico (Emeb) Professora Carolina Ribeiro, na Vila Bandeirantes, e Solange de Jesus Martins, na Vila Varela, foram as primeiras a receber os kits que contém produtos equivalentes à alimentação do aluno no período de três meses do ano letivo (fevereiro a abril).

“Sabemos o quão esperado era a entrega desses kits e nós também estávamos ansiosos para entregá-los, mas diante de algumas dificuldades administrativas que tivemos, como a falta de recursos e a suspensão do processo licitatório, por exemplo, acabou gerando esse atraso na entrega. Fiz questão de ir, pessoalmente, na empresa responsável pela montagem dos kits para verificar os trabalhos e a qualidade dos produtos”, afirmou a chefe do poder Executivo.

A prefeita participou da entrega dos kits alimentação para os pais e/ou responsáveis dos alunos na Emeb Solange de Jesus Martins. “Fico muito feliz de fazer parte deste momento hoje, sei o quanto é importante para o aluno. Estamos empenhados e focados na reorganização financeira e administrativa do município e essa entrega passa por esse trabalho de toda a equipe que compõem o governo”, disse Marcia Bin.

A administração municipal, por meio da Secretaria de Educação, distribuirá os kits alimentação para aproximadamente 14 mil alunos da rede municipal de ensino. “As escolas entrarão em contato com os pais e/ou responsáveis para o agendamento da retirada do kit. Queremos realizar a distribuição o mais rápido possível, porém sem se descuidar das medidas sanitárias que visam o combate a disseminação da Covid-19”, salientou Simone, que realizou a entrega dos kits na Emeb Carolina Ribeiro.

“É bom enfatizar que a quantidade de todos os alimentos foi definida de acordo com o per capita mínimo necessário para todas as faixas etárias e o número de refeições que o estudante faria na escola. A maioria dos ítens presentes no kit como, por exemplo, arroz, feijão, macarrão, óleo, sal e açúcar, superam esse per capita e atendem, no mínimo, três meses a essa necessidade”, finalizou a chefe da pasta.
RESTRIÇÃO ALIMENTAR
Em virtude de alguns alunos apresentarem problemas de restrição alimentar como, por exemplo, intolerância à lactose ou ao glúten, a administração municipal solicitou a empresa responsável pela montagem dos kits que preparasse para cada um deles uma cesta com produtos diferenciados. “Já sabendo que algumas crianças têm esse problema de restrição alimentar, disponibilizamos as cestas com produtos especiais a eles. Esses kits também já estão chegando nas escolas normalmente”, afirmou a chefe do poder Executivo.

KIT ALIMENTAÇÃO

O kit alimentação é composto por:

1 pacote de 5 kg de arroz tipo I;
2 pacotes de 1 kg de feijão carioca cada;
1 pacote de 400 g de leite em pó integral instantâneo;
1 frasco de 900 ml de óleo de soja;
1 pacote de 500 g de fubá de milho;
1 pacote de 1 kg de açúcar refinado;
1 pacote de 1 kg de sal refinado;
1 pacote de 200 g de biscoito água e sal;
1 pacote de 200 g de biscoito maisena;
2 pacotes de 500 g de macarrão;
2 sachês de 340 g de molho de tomate;

FOTOS: Rodrigo Nagafuti – Secom Poá