Por TV Cenário

Morreu neste domingo, 16 de maio, Bruno Covas Lopes (PSDB), prefeito de São Paulo, vítima de câncer. O político lutava contra a doença desde 2019.

Advogado, economista e político brasileiro, Bruno Covas tinha 41 anos e deixa um filho de 16, o Tomás Covas Lopes, que sempre acompanhou o pai nas campanhas eleitorais, nos jogos do Santos, mas também nas inúmeras sessões de quimioterapia e nas internações, inclusive na última, dia 02 de maio, para tratar o câncer que tinha se espalhado para os ossos, fígado e sistema digestivo.

Bruno Covas estava licenciado da prefeitura desde o dia 03 de maio, por 30 dias; o seu vice-prefeito Ricardo Nunes (MDB) conduzia a cidade de forma interina.

O político estava internado no Hospital Sirio-Libanês, por conta do agravamento da doença estava sedado e, segundo informe do boletim médico (emitido às 19h30, de 14 de maio), encontrava-se “no quarto acompanhado de seus familiares”.

O Grupo Cenário de Comunicação reforça toda solidariedade neste momento de dor aos familiares, parentes, amigos e correligionários de Bruno Covas.