O mês de junho será dedicado inteiramente a uma programação voltada para a preservação, a educação ambiental e ações práticas como plantios, webinários e palestras presenciais. A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente divulgou a programação do Junho Ambiental, que reunirá especialistas na área, professores, estudantes e principalmente a população. Os eventos serão abertos ao público, sempre respeitando as regras sanitárias de proteção na pandemia.

Cliqui aqui para ver a programação completa

A secretária Michele de Sá Vieira explica que a programação foi elaborada para contemplar todas as áreas de atuação: “Nossa equipe trabalhou intensamente para termos eventos atraentes, informativos e que levem conhecimento às pessoas. A agenda de preservação ambiental é muito forte e a população se interessa pelo tema de forma geral. Nosso desafio foi organizar uma programação rica, e temos certeza de que conseguimos atingir este objetivo. Todos estão convidados a prestigiar as atrações”, comenta.

Michele acrescenta que boa parte dos temas se interrelacionam com o planejamento da Secretaria do Verde e Meio Ambiente para a certificação do Programa Município Verde Azul, que é uma das prioridades da pasta.

No dia 1º de junho, será realizado um plantio de árvores na avenida Pedro Romero. O evento ocorrerá a partir das 9 horas e será realizado mediante inscrições prévias, que poderão ser feitas pelo telefone 4798-5959. No mesmo dia, acontecerá a trilha virtual em 360 graus no Parque Municipal Chiquinho Veríssimo, em parceria com as Secretarias de Cultura e de Esportes e Lazer. O acesso será livre, independentemente de inscrição.

No dia 5 de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, a programação será recheada. A partir das 8 horas, mediante inscrições pelo telefone 4798-5959, o Parque Municipal Chiquinho Veríssimo receberá a palestra “Papo Animal com Soltura de Animais Silvestres na Natureza”. O trabalho terá como foco a importância e necessidade de salvaguarda da biodiversidade e acontecerá em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

No dia 10 de junho, a partir das 9 horas, ocorrerá uma ação de doação de mudas, acompanhada de QR Code e cartilhas na Ilha Marabá, com acesso livre. No mesmo dia, só que às 10 horas, também na Ilha Marabá, acontecerá a Assinatura do Termo de Cooperação com a Fundação Florestal para a gestão de Áreas de Proteção Ambiental. A atividade ficará gravada e disponibilizada no site da Secretaria do Verde e Meio Ambiente, para ser acessada e assistida posteriormente.

Já no dia 12 de junho, das 9h às 17h, a Ilha Marabá receberá a Feira Agroecológica de Produção Orgânica, Agrofloresta e Apicultura, com exposição e vendas de produtos alimentícios, com informações sobre a produção e manejo. O acesso será livre, independentemente de inscrição. O Parque Municipal Chiquinho Veríssimo será palco de um evento no dia 15 de junho, a partir das 9 horas. Com inscrições pelo telefone 4798-5959, o espaço receberá uma visita à nascente modelo existente na reserva.

Guarda de animais domésticos

O cuidado com os pets é um tema em evidência atualmente e será assunto de um webinário no dia 18 de junho, das 10h às 11h. As inscrições serão feitas online e o evento ocorrerá em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Já no dia 19, no Parque Municipal Chiquinho Veríssimo, das 9h às 11h, também com inscrições pelo telefone 4798-5959, haverá a palestra sobre reintrodução de orquídeas, com a presença do especialista Masuji Kayasima. No dia 21 de junho, a partir das 8 horas, acontecerá a palestra “Verdejando: Capacitação para Poda de Árvores Urbanas”.

No dia 25 de junho, das 9h às 10h, ocorrerá o webinário “Fiscalização Ambiental”, em parceria com a Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo e que contará com a presença do tenente Aurélio Alexandre Teixeira. No mesmo dia, das 11h às 12h, haverá o webinário “Unidades de Conservação do Estado em Mogi das Cruzes e Operação Corta-Fogo”, com a chefe de unidades de conservação da Fundação Florestal, Kátia Florindo.

No dia 30 de junho, a programação se encerra com plantios de mudas no Parque Olímpico e no Nova Mogilar, para a formação e enriquecimento de floresta urbana.