Obra visa cessar o problema de inundação no local e está prevista para ser concluída em novembro deste ano; serviços incluem ainda a revitalização da via

A Prefeitura da Estância Hidromineral de Poá, por meio da Secretaria de Obras Públicas, Planejamento, Orçamento e Habitação de Interesse Social, realiza serviços de drenagem na esquina da avenida João Pekny com a rua São José, no bairro Água Vermelha. Nesta terça-feira (01/06), a prefeita Marcia Bin esteve no local para acompanhar a obra, que é uma reivindicação antiga dos moradores do entorno que sofrem com inundações em dias de fortes chuvas.

De acordo com o chefe da pasta, Ricardo Leão, a obra está orçada em R$ 6.999.623,00 milhões e tem previsão para ser concluída em novembro deste ano. “Trata-se de uma obra importante e que tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos moradores, bem como resolver um problema antigo em uma via muito importante, responsável pela interligação dos bairros de Calmon Viana e Água Vermelha com o Jardim Nova Poá. Além da drenagem, a avenida João Pekny também está recebendo serviços de infraestrutura”, afirmou.

Para a chefe do Poder Executivo, que vistoriou o andamento dos serviços acompanhada pelo secretário de Governo e Administração, Marcio Borzani, a realização desta obra é de grande importância para os moradores do entorno, bem como para a cidade como um todo. “A avenida João Pekny é uma via que  interliga grandes bairros da cidade, além de ser utilizada como via de acesso para quem chega a Poá pela estrada Santa Mônica, em Suzano. Em dias de fortes chuvas o local inunda, causando inúmeros transtornos a moradores e motoristas.E este trabalho tem como objetivo cessar este problema vivido atualmente”, destacou Marcia Bin.

INFRAESTRUTURA

Além dos serviços de drenagem, também estão sendo realizadas obras de infraestrutura e de intervenções no recapeamento asfáltico da  referida via e das ruas Eugenio Rossoni (Jardim Nova Poá) e São Pedro (Jardim Itamarati). “A obra também prevê a implantação de muro de contenção nos córregos Campo Grande e Água Vermelha e a revitalização das calçadas de toda a extensão da avenida”, ressaltou Marcio Borzani.

“Os serviços de pavimentação terão uma extensão de, aproximadamente, 1,6 mil metros. As vias estavam com vários buracos, o que atrapalhava o fluxo dos veículos e, ao mesmo tempo, colocava em risco a vida dos motoristas e pedestres”, finalizou Ricardo Leão.

FOTOS: Rodrigo Nagafuti – Secom Poá