Mais um benefício será concedido a famílias mogianas de baixa renda, em decorrência da pandemia da Covid-19. Desta vez, o auxílio partirá diretamente do Governo do Estado de São Paulo, por meio dos programas SP Acolhe e Bolsa do Povo e será direcionado a inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), com renda familiar de até três salários mínimos e que tiveram algum óbito dentro do núcleo familiar por conta da doença. A esse público, será pago auxílio de R$ 1.800, em seis parcelas de R$ 300,00.

Ainda segundo as regras definidas pelo Estado, a data-base para consulta das inscrições no CadÚnico é 19 de fevereiro deste ano. Ou seja, para receber o benefício, a pessoa já tinha de estar inscrita até essa data. O óbito do familiar também precisa ter registro oficial no sistema SIVEP-Gripe, da Secretaria de Estado da saúde, até o dia 21 de junho deste ano. Entende-se por familiar qualquer ente com grau de parentesco, contanto que a morte tenha ocorrido dentro do núcleo familiar.

Serão seis parcelas de R$ 300,00 para cada família beneficiada, a serem pagas entre julho e dezembro deste ano. O pagamento será feito a partir de token ou voucher, com login e senha gerados no Portal Bolsa do Povo e o saque deverá ser feito nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil e Banco 24 horas. Gradualmente, os beneficiários receberão cartões magnéticos do Programa Bolsa do Povo e o saque poderá ser feito mediante o uso desse cartão, nos mesmos caixas eletrônicos citados.

O anúncio do auxílio foi feito pelo governador João Doria na última terça-feira (29/06), no Palácio dos Bandeirante. Representantes da Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, participaram do lançamento.

“É mais uma medida importante advinda do Governo do Estado para aqueles que já vivem em situação de fragilidade social. Isso complementa outras ações de apoio que já vinham sendo feitas, como o próprio Auxílio Emergencial Mogiano, de autoria do prefeito Caio Cunha, que deu suporte financeiro também ao público inscrito no CadÚnico”, destaca a secretária municipal de Assistência Social, Celeste Gomes.

Quem quiser saber se terá direito ao benefício deve acessar o link https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/portal/elegiveis/SP_Acolhe e fazer a consulta informando o número NIS. A previsão é que o benefício comece a ser pago a partir do dia 20 de julho.

Dúvidas também podem ser sanadas pelo Whatsapp 97348-6434.