MÁRIO COVAS JÁ DIZIA!
“O povo perdoa tudo, só não perdoa quem tem posicionamento”. Com essa frase, o médico Dr. Jorginho, falou de maneira muito educada sobre a postura do deputado estadual Rodrigo Gambale, quando ele disse que todos os ex-prefeitos de Ferraz nos últimos anos eram bandidos e que tinham saqueado a cidade. “O deputado Rodrigo Gambale começou sua vida pública sendo assessor do ex-prefeito Filló. Depois quando o Dr. Jorge ganhou a eleição, ele trabalhava na secretaria de cultura. Depois quando Dr. Jorge saiu candidato a deputado, era Gambale que fazia a coordenação no interior, e quando foi deputado, usou desta influência para ter relação com todas as bases do Jorge. Hoje, todas as pastas que funcionam no governo de Priscila Gambale, todos que estão à frente, eram funcionários do Dr. Jorge. E depois que ganhou as eleições, (Gambale), disse que ninguém prestava (risadas), não faz muito sentido”, disse Dr. Jorginho em parte da sua entrevista no retorno do programa Dialogando com Lideranças, da TV Cenário.

DE BOCA CHEIA
“As pessoas têm perguntado, por que a Radial não esteve presente? Essa é uma informação que a prefeitura não tem o menor cabimento de saber. O processo estava aberto, a Radial não esteve presente, portanto, a Radial não continuará prestando serviço na cidade, porque não veio nem participar da licitação”. Falou o secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Ferraz, o senhor Kaká, enquanto gesticulava muito em seu comentário sobre a licitação do transporte público da cidade, logo após a finalização da primeira fase, onde, supostamente a Radial não estava participando da licitação.

SUPOSTAMENTE?
Isso, supostamente. Digo isso pois, pelo que se sabe, a Alto Tietê Transportes (ATT), seria na verdade uma outra empresa criada pela direção da própria Radial Transportes, para conseguir fazer valer um consórcio de transporte no Alto Tietê, que já está operando em alguns municípios, o “Consórcio UNILESTE”.

E AGORA JOSÉ?
Após a grande repercussão sobre este assunto, o secretário Kaká, em outra live, reconheceu que a Radial talvez estivesse participando da licitação com outro CNPJ. Mas fez questão de dizer que o importante mesmo será a qualidade do serviço que a nova, ou a mesma empresa, fará por conta do novo edital que segundo ele, terá de ser respeitado pela empresa.

CADÊ O “BOLSA FERRAZ”

Eu nunca vi tanto marketing em cima de um projeto que, pelo que foi propagado, seria o maior programa emergencial de todos os tempos de Ferraz de Vasconcelos. Era a Prefeita, os secretários, vereadores e até gente que não tinha nada a ver com o programa, fazendo lives a cada 10 minutos na cidade quando o projeto foi divulgado. Hoje, ninguém mais quer falar sobre o assunto, o que era a menina dos olhos de muita gente, hoje está mais parecendo uma “persona non grata”, ninguém quer chegar perto e nem falar mais sobre. Fato é, que estive na secretaria de desenvolvimento econômico da prefeitura de Ferraz e conversei com o coordenador executivo da pasta, o senhor Rodolfo Vieira, que me informou que até o momento cerca de 150 pessoas estariam trabalhando de fato no Bolsa Ferraz, e a expectativa é que na próxima semana, mais 100 pessoas sejam chamadas para a apresentação dos documentos e consequentemente iniciar os trabalhos.