A Operação Cata-Treco inicia seu novo cronograma de coletas nesta sexta-feira (06/08). Ao longo dos próximos sete dias úteis, 24 bairros de Suzano receberão os caminhões e as equipes do projeto, que recolhem objetos inservíveis. A programação completa está disponível no site oficial da prefeitura (http://bit.ly/Cata-TrecoSuzano).

O serviço será prestado até 16 de agosto. A primeira equipe visitará os bairros Veraneio Juruá, Jardim São José, Jardim Santa Inês, Jardim São Bernardino, Jardim Graziela, Chácaras Mea, Recreio Sertãozinho, Meu Sossego, Jardim Fernandes, Cidade Boa Vista, Jardim Carmem, Jardim Dona Benta, Jardim Europa e Jardim Varan, todos da zona norte.

Já a segunda estará na região do Raffo: Jardim Leblon, Tabamarajoara, Chácara Ceres, Parque Vienense, Vila Helena, Jardim do Bosque, Parque Umuarama, Jardim Pompeia e Parque Alvorada. Além destes, a iniciativa também visitará o Residencial Nova América.

Nesta operação, há a possibilidade de que o cronograma inicialmente previsto seja alterado. Por isso, a prefeitura recomenda que os moradores separem os materiais que desejam descartar ainda nos primeiros dias, depositando-os na calçada de suas residências. Assim, a coleta feita pelos agentes de limpeza será bem mais ágil à medida que os caminhões avançam pelas ruas.

É possível contribuir para a organização dos próximos itinerários indicando locais que precisam de coleta. Para isso, basta participar da consulta pública promovida pela administração municipal, por meio do formulário bit.ly/CTnoBairro, preenchendo com seus dados pessoais, como nome e telefone, e indicando o bairro ou local que necessite da visita das equipes. Com essa iniciativa, a gestão do projeto visa direcionar o serviço para atender às necessidades dos munícipes.

O secretário de Governo, Alex Santos, reforça para os cidadãos que o projeto recolhe vários tipos de materiais descartáveis. Além de móveis e eletrodomésticos, o serviço também faz a coleta de isopor, vidro e todos os tipos de óleo, que devem ser entregues em garrafas fechadas. Só não são aceitos restos de construção civil (entulho), que podem ser encaminhados para um dos três ecopontos da cidade: do Parque Maria Helena (Rua Antônio Francisco dos Santos, 186), da Marginal do Una (Avenida Governador Mario Covas Junior, 1.710) e do Jardim Dona Benta (Estrada Takashi Kobata, 183).

“O projeto Cata-Treco tem realizado um trabalho importante para dar um destino correto a vários objetos que não têm mais utilidade às pessoas. Esses materiais poderiam ser descartados de forma irregular. O serviço prestado pelas equipes vem se mostrando eficaz, tanto para a limpeza da cidade, quanto para o meio ambiente”, afirmou Alex Santos.

Quem presenciar descarte irregular na cidade pode denunciar de maneira segura e anônima à Ouvidoria Geral do Município, pelo telefone 0800-774-2007.