Após a realização da licitação do transporte público pela Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, na segunda-feira, 02 de agosto, o secretário municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, Álvaro Costa, o Kaká, logo se apressou em divulgar na Internet aquilo que definiu como “Dia Histórico” para os cidadãos ferrazenses. É como se o mundo todo tivesse parado para olhar pra nossa cidade e comemorasse o evento do governo. Só faltou a cobertura da Imprensa. Confesso que procurei na CNN, na GloboNews, no Jornal Nacional, na Band, na Folha, no Estadão, e não vi nada a respeito.

Em tom soberbo (aliás, típico de sua postura), Kaká disse na live, por duas vezes, a palavra “culhão” para descrever a coragem da atual administração em realizar a tal licitação. Fico pensando, a que ponto chega a falta de sensibilidade desse secretário ao usar uma expressão tão vulgar? Kaká parece que está conversando no boteco da esquina numa roda de amigos.

Iniciado em 1976, o contrato da Radial Transportes com Ferraz se estendeu ao longo dos anos, prorrogados por gestões anteriores, até acontecer a atual licitação. Foram 45 anos de péssimos serviços da mesma empresa, que deixou muito a desejar. O Ministério Público já havia questionado em 2016 a prorrogação de contrato. Nos anos de 2018 e 2019, a Procuradoria do Município moveu ação cobrando a falta de licitação. Em 2020, a prefeitura agendou uma data para definir novo contrato, porém, foi suspensa por determinação do Tribunal de Contas do Estado.

Atualmente, a Radial oferece em Ferraz, 16 linhas de ônibus e atende diariamente a 15 mil passageiros. O preço atual da passagem, R$ 4,40, é equivalente a grandes cidades, como São Paulo, porém sem a mesma dinâmica e qualidade prestadas. Por interferência do ex-prefeito Zé Biruta, esse valor não sofreu aumento abusivo, o que era desejo de seus sócios na época.

E agora, curiosamente, a mesma Radial Transportes – travestida com o nome ATT Transportes – participa do certame licitatório promovido na gestão da prefeita Priscila Gambale. Kaká, no entanto, disse em entrevista que a Radial não estava na disputa. Como mentira tem perna curta, horas depois, internautas descobriram a farsa e Kaká, em nome da “transparência”, alegou que não haveria problema se a mesma Radial ou ATT vencesse a licitação, desde que cumprisse as exigências da prefeitura, a partir de um novo contrato. Além da ATT, a TransKuba (KBPX) foi outra empresa que apresentou documentos para participar desse processo.

Nos próximos dias, está previsto o anúncio da empresa vencedora da licitação. A disputa entre a ATT (entenda como Radial) e a TransKuba levará em conta a proposta mais vantajosa, menos onerosa, com melhor qualidade. Pelo menos é isso o que se espera. De acordo com o menino das lives, Kaká, os ferrazenses vão contar com nova frota de ônibus, todos com WI-FI, GPS, tomada USB, ar-condicionado, e a cidade ainda terá os pontos de parada reformados. Será?

Se depender da administração Priscila Gambale junto ao secretário Kaká, fica difícil acreditar que os ônibus serão tão modernos assim. Basta observar apenas duas simples promessas da campanha eleitoral de 2020, relativas ao setor, mas que não foram implantadas: o bilhete gratuito aos idosos com mais de 60 anos e a passagem livre aos estudantes. Fica a pergunta: Há quase oito meses de governo, faltou coragem (ou “culhão”, como diz Kaká)?

E tem mais: Kaká, além de botar constantemente o nariz em outras secretarias, foi capaz de criar uma bagunça no trânsito de Ferraz, com a inversão de mãos de várias ruas e avenidas. A dupla (Priscila e Kaká) assinou ainda o aumento abusivo nos cartões da Zona Azul em mais de 33%, com validade iniciada em 1º de agosto. E se você quer fugir das multas, não transite pelo nosso município, pois há radares (escondidos) por todos os lados, fora as lombadas eletrônicas que estão sendo instaladas, com a propaganda da prefeitura de que são apenas educativas, não haverá multas. Até quando vão educar?

Pra piorar, o que não falta é buraco em várias vias da cidade. Tem morador até tirando onda, pintando em volta das crateras abertas, como sugeriu o atual deputado estadual Rodrigo Gambale (irmão da prefeita), na época em que era repórter de rádio.

Cabe então a nós, moradores de Ferraz, ficar bem atentos ao que vai acontecer com a nova frota de ônibus e o trânsito no dia a dia.

Priscila, Kaká e Rodrigo, estamos de olho! Podem chorar!

Augusto do Jornal, diretor nacional de Finanças da CGTB e 2º suplente de vereador pelo PSB em Ferraz de Vasconcelos

.

.

.

Nota do editor: os textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais iconográficos publicados pelo colunista não refletem necessariamente o pensamento do Cenário Notícias, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es)as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.