ELES QUEREM MANDAR EM TUDO!

A meta, não é apenas o poder político, querem mandar literalmente em tudo, e isso é um risco.
O novo grupo que se instalou em Ferraz de Vasconcelos, como dizia uma frase bem popular, “Tem o olho maior do que a barriga”, digo isso, pois, a intenção deles, por exemplo, não é apenas ser prefeitos, vereadores, ou deputado estadual, eles querem mandar “Na P… toda”. E não digo apenas na questão política, eles querem dominar a política, a imprensa, entre outros poderes. Para isso, o líder do grupo tem metas bem audaciosas e irá fazer de tudo para alcançá-las. No que diz respeito da imprensa, por exemplo, eles fizeram uma grande articulação, e diga-se de passagem, argilosa, para tentar acabar com o Grupo Cenário de comunicação, além de mostrarem total desprezo e desrespeito, tiveram a coragem de oferecer salário mais alto para um funcionário da casa, na intenção de tentar prejudicar o grupo. Além disso, tiveram a pachorra de colocar esse ex-funcionário que se dizia muito amigo de todos na TV Cenário, para apresentar um “programa” no mesmo horário do Bom Dia Cenário. Mas eles só esqueceram de um detalhe: “Nossa empresa não está alicerçada em homens, e sim em Deus”. E hoje, além de mantermos a audiência, o programa matinal triplicou o número de pessoas que assistem diariamente.

MAS ISSO NÃO FAZ PARTE DO JOGO?

Algumas pessoas acham que isso é super normal quando se trata de poder. É aquele outro velho ditado, “Quem pode mais, chora menos”. O problema disso tudo para quem é obcecado pelo poder é um só, enquanto o jogo está favorável, agrada a todo mundo, puxa saco e se mostra super amigo. Mas, deixa começar a perder pra ver. A grande maioria que lá estão, vão fazer a mesma coisa que fizeram com o outro líder do passado (pé na bunda) e vida que segue. Então, prefiro me basear e respeitar líderes como, por exemplo, o prefeito de Suzano Rodrigo Ashiuchi, que não quer o poder a qualquer preço, respeita a todos e, com certeza, chegará muito longe na política. Agora os soberbos, esses nós já sabemos o final da história.

INHA NÃO JOGOU A TOALHA

Com toda inteligência que é peculiar do presidente da Câmara, o Inha, ele deixou bem claro na última entrevista que concedeu a TV Cenário, que, mesmo respeitando o jovem Vereador Kaká, ele não desistiu de ser o indicado de Gambale para disputar as eleições como deputado estadual em 2022.
“Quero apenas que o mesmo compromisso que eu tenho com o meu grupo político, eles tenham comigo também”. Com essa fala, ao ser questionado se ele ainda teria interesse de ser candidato, o presidente deixou claro que não jogou a toalha e por mais que seja remota a possibilidade, o jogo ainda pode virar ao seu favor.

DEU UM SHOW DE POLÍTICA MAIS UMA VEZ

Inha, além de responder todas as questões sem titubear, deu mais uma vez uma aula de política. Mostrou humildade em reconhecer o trabalho de quase vinte anos da TV Cenário. Disse que é de grupo, respeita hierarquias, mas se mostrou corajoso ao responder muitas questões que pode não ter agradado o líder maior. Além disso, mostrou que política se faz principalmente estando literalmente do lado do povo ao encabeçar ações na questão de regularização fundiária. Inha é menos Live e mais olho no olho.
Agora vamos aguardar para saber se o grupo irá escolher um jovem bom de mídia, ou um homem bom de rua.