Prestes a ter a sua primeira edição no dia 12 de setembro próximo, em Ferraz de Vasconcelos, o Pedal Solidário que pretende incentivar a atividade física e fomentar a economia vai também integrar o calendário oficial de eventos na cidade. O projeto de lei com esse objetivo foi aprovado em primeiro turno nesta segunda-feira, dia 23, a partir das 9h. A matéria foi elaborada pelo vereador, Claudio Ramos Moreira (PT).

Com isso, o Pedal Solidário deverá ser realizado anualmente no primeiro domingo de dezembro de cada ano. Na prática, o evento visa estimular o ciclismo e angariar alimentos não perecíveis para serem doados a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Para promover a corrida, a proposta autoriza o Poder Executivo a fechar parcerias com pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor, porém, sem gerar nenhum custo aos cofres públicos locais.

Já o primeiro Pedal Solidário terá um percurso de 15 quilômetros partindo da Rua Washington Luiz, no Jardim Ferrazense. A ideia inicial será atrair a participação de 300 ciclistas e arrecadar 600 quilos de alimentos não perecíveis, exceto açúcar e sal. As inscrições podem ser feitas nos nove pontos de apoio, entre eles nas Avenidas Brasil, 473, na Vila Corrêa, e Santos Dumont, 759, na Vila Ana Maria e nas Ruas Francisco Sperandio, 467, na Cidade Kemel e Leonor Barroso de Carvalho, 48, no Jardim Júlio de Carvalho.

Além disso, os interessados podem se inscrever nas redes sociais: #pedalsolidario, #pedalsolidariodeferraz, #ciclismosp, #ciclistas, #pedalada, #passeiociclístico e #ciclistassp. Segundo os organizadores do evento, os primeiros 250 matriculados ganham uma camiseta. “Portanto, você amante do ciclismo ou simples amador leve dois quilos de alimento e garanta a sua inscrição na primeira edição do Pedal Solidário de Ferraz de Vasconcelos”, concluiu Claudio Ramos.

Por Pedro Ferreira