O Banco Central regulamentou nesta quinta-feira (2) duas novas modalidades do PIX: o PIX Saque, que permite o saque em dinheiro em estabelecimentos comerciais e o PIX Troco, que permite o saque, porém, associado a uma compra ou à prestação de um serviço. As duas novas modalidades devem estar disponíveis a partir de 29 de novembro deste ano.

Segundo o Banco Central, todos que tiverem conta em uma das instituições participantes do PIX conseguirão utilizar os novos serviços. Serão oito operações gratuitas por mês para as pessoas físicas, incluindo os saques comuns.

O limite máximo das transações das modalidades PIX Saque e PIX Troco será de R$ 500,00 durante o dia, e de R$ 100,00 durante a noite (das 20 horas às 6 horas), informou o Banco Central.

Também foi informado que será possível trabalhar com limites inferiores a esses valores caso seja adequado.

Funcionamento do PIX Saque

1. O cliente vai ao estabelecimento comercial ou demais agentes de saques que oferecem o serviço;

2. O cliente faz um PIX através da leitura de um QR Code mostrado, ou a partir do aplicativo do prestador do serviço;

3. Após autenticar o apagamento, o cliente recebe o valor da transferência em dinheiro.

Funcionamento do PIX Troco

Essa modalidade funciona de forma parecida, a diferença é que o saque de dinheiro em espécie pode ser realizado durante o pagamento de uma compra ao estabelecimento. O PIX é feito pelo valor total (compra + saque).

Tanto o valor do saque quanto da compra aparecerão no extrato do cliente. Por exemplo, o cliente compra algo de R$ 50, faz um PIX de R$ 150 e recebe R$ 50 em dinheiro.

As duas novas modalidades poderão ser ofertadas por estabelecimentos comerciais, instituições financeiras com rede própria de ATM, terminais de auto atendimento (como caixa 24 horas) e entidades que ofertam rede independente (compartilhada) de ATM.

A escolha de qual modalidade oferecer, os dias e horários do serviço e valores são escolhas dos estabelecimentos comerciais e demais agentes.

“Não estamos impondo nenhum tipo de obrigatoriedade ao comércio, o comércio oferece esse serviço se ele achar que faz sentido”, explicou o Chefe da Gerência de Gestão e Operação do PIX do Banco Central, Carlos Eduardo Brandt.