OS LÍDERES E SUAS TABELAS

Está aberta a temporada de caça aos “líderes” políticos para as eleições de 2022, e com ela, suas tabelas de preço. Funciona mais ou menos assim: se o líder foi bem-sucedido nas eleições, e tem mandato, o preço pode variar entre R$ 8 e R$ 15 mil por mês, depende muito do poder de articulação e engajamento do político. Se o “líder” saiu candidato, não venceu as eleições, mas, foi bem votado, tendo entre 400 e 800 votos, a média está entre R$ 3 e R$ 5 mil por mês, é claro que muitos ainda estão na expectativa para começar a receber, tendo em vista que as eleições estão um pouco longe.

Em seguida, tem aqueles que não foram tão bem votados, mas vale a pena já chamar para conversar, tiveram entre 200 e 400 votos, esses estão na faixa de mil reais por mês até as eleições. Agora, tem aqueles que tomaram verdadeiras saraivadas nas urnas, ou apoiaram candidatos que não tiveram quase nada de votos, e mesmo assim, se acham “lideranças políticas”, esses são tirados. Além de não receberem nada, tiram fotos, postam no Facebook e acreditam que no ano que vem, as coisas irão melhorar pra eles na questão financeira. É claro que, essa tabela não serve para Ferraz. Aqui não acontece essas coisas…

RAFU ACORDOU DE VEZ!

Para quem não seria nem candidato em 2022, e pela boca do grupo do atual governo, estava politicamente morto e enterrado, o médico Rafu Júnior está vivo, e bem vivo por sinal. Dr. Rafu, além de tomar o Partido Social Liberal (PSL) das mãos do deputado estadual Rodrigo Gambale, ainda continua presidente do Partido Liberal (PL), e, pelo que parece, mais uns 3 partidos na cidade já estariam fechando apoio para a sua quase provável eleição para deputado em 2022. E não para por aí, Rafu também iniciou conversas com muitos líderes da cidade que não estão nada contentes com Rodrigo Gambale. Parece que tem vereadores e dirigentes partidários engrossando o caldo de Rafu para as próximas eleições.

ENQUANTO ISSO!

Enquanto isso, o deputado Rodrigo Gambale parece que não está se importando nada com essas articulações de Rafu. Como diz um conhecido articulador: “tudo bobagem”. Para o deputado, segundo informações de pessoas do próprio grupo, ele tem dito assim: “Não vai dar nem para o cheiro, vou passar igual a um trator por cima, vamos ter 40 mil votos na cidade e buscar o restante fora. Vamos vencer com os pés nas costas desta turma, e de quebra vamos eleger o Kaká”.

MAS PENSANDO FRIAMENTE

Mas se pararmos para pensar com frieza, a fala dele, se é que ele fala assim mesmo, tirando toda a arrogância, faz algum sentido. Digo isso, pois, sabemos como funciona a política.

Na minha opinião, ele tem três coisas que um político profissional precisa para alcançar seus objetivos. Primeira coisa e acho que a mais importante, é o dinheiro, que consequentemente constrói um grupo bem grande. Segundo, ele tem frieza, infelizmente é uma característica de grandes políticos se mostrar totalmente desprovido de sentimentos, eles tomam as decisões que tiverem que tomar, sem se preocuparem com o efeito nas vidas das pessoas. E terceiro, e não menos importante, Gambale tem facilidade na frente das câmeras e celulares.

As vezes ele conta uma história tão bem contada no Facebook, que todos acreditam piamente, é muito poder de persuasão. Teve uma vez que ele disse assim quando respondeu um comentário no Facebook: “O rapaz está todo irregular, o poste, depois eu fui ver o que ele alega, eu fui entender o que era, eu não estava entendendo. O poste que ele alega, é um poste púbico da prefeitura, e eu entendo isso como gato”. Quando Gambale disse isso, até eu que havia acabado de ver o poste, que não era da prefeitura, quase acreditei nele. Só tive a certeza de que não era verdade, quando o dono do Food Truck fez um vídeo mostrando a conta de energia e esclarecendo os fatos.

Então, gente, por mais que pareça impossível o deputado conseguir mais uma vez essas vitórias, eu não desacreditaria, pois, se tem uma coisa que ele faz, e faz bem, é esse negócio de “política”.