Preocupado com o péssimo estado de conservação da passarela que interliga a Rua José do Patrocínio com a Avenida Governador Jânio Quadros, na Vila Jamil, o vereador Antônio Carlos Alves Correia (Republicanos), o Tonho, pediu informações sobre o assunto à Prefeitura Municipal. O requerimento foi aprovado em única discussão na sessão ordinária, na terça-feira, dia 28.

Na prática, o vereador questiona o Poder Executivo se há alguma solução em andamento para resolver o problema, o prazo da obra e de outras medidas preventivas. Segundo ele, inúmeros munícipes já denunciaram a falta de preservação da citada passarela temendo justamente sofrer acidentes ao passar pelo local. Além disso, Tonho vistoriou pessoalmente e comprovou, de fato, o descaso.

Em geral, trechos da ponte encontram-se sem grades e espaços abertos, ou seja, onde a mureta de proteção é muito baixa e, portanto, podem causar a queda de pedestres. “Enfim, o lugar está totalmente abandonado e requer ações preventivas urgentíssimas por parte da municipalidade que é a responsável por todo o processo de manutenção da passadeira”, diz Tonho.

O texto aponta ainda que usuários de drogas usam o local como abrigo. Tonho acrescentou que o governo estadual deveria ajudar no serviço de manutenção. Cópias do ofício serão enviadas à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e ao secretário estadual dos Transportes, Alexandre Baldy. O vereador Osni Angelo Pasquarelli (PDT), o Ni, também assina o requerimento.

Por Pedro Ferreira